Barcelona recebe ‘hub’ de robótica colaborativa

O novo centro ocupa uma área de 1500 metros quadrados e acolhe os escritórios de cada uma das empresas, onde trabalham cerca de 30 pessoas, e um showroom conjunto para exposição das mais recentes tecnologias e aplicações para robôs colaborativos.

A Universal Robots e a MiR (Mobile Industrial Robots) estabeleceram uma parceria para criar um hub dedicado à robótica colaborativa em Barcelona. O novo centro ocupa uma área de 1500 metros quadrados e acolhe os escritórios de cada uma das empresas, onde trabalham cerca de 30 pessoas, e um showroom conjunto para exposição das mais recentes tecnologias e aplicações para robôs colaborativos (cobots).

Os cobots libertam os trabalhadores de todos os tipos de tarefas repetitivas e perigosas para tarefas que exigem competências humanas.

Jürgen von Hollen, presidente da Universal Robots, explicou que a escolha da capital catalã responde a uma decisão estratégica. “Optámos por Barcelona porque nos dá acesso a recursos qualificados, capacidade para atrair talento de todo o mundo, uma actividade empresarial vibrante e boas infraestruturas”, afirmou.

Thomas Visti, CEO da MiR, destacou: “Este centro de robótica colaborativa vai aproximar-nos ainda mais do mercado do sul da Europa e permitir-nos partilhar as últimas tecnologias. Esta é uma excelente oportunidade para nós, já que se trata de um mercado com grande potencial, onde vemos cada vez mais empresas de todas as áreas da indústria interessadas em optimizar processos com robôs colaborativos para se manterem competitivas”.

PCGuia
Recomendadas

PremiumLisboa recebe 15 startups de impacto escolhidas pelo BEI

Escola de negócios IES assegura mentoria na estrutura do modelo de negócio e plano financeiro e na criação de dinâmicas de grupo.

Seis startups e IPSS vencem prémios “Mais Ajuda”

Pixelability – Happies, Speak e The Inventors foram as empresas escolhidas. Quanto às instituições de solidariedade social, conquistaram o júri os projetos da Acreditar, Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas e Associação de Socorros Mútuos Mutualista Covilhanense.

Portugal é dos países europeus que mais investe em ‘open banking’, conclui estudo

A oportunidade de melhorar a experiência do cliente foi o maior catalisador dos investimentos, segundo a análise da plataforma sueca Tink.
Comentários