Barragem do Paul da Serra vai aumentar de 30 para 40% produção de energia renovável, diz Susana Prada

Esta segunda-feira comemora-se o Dia Mundial da Terra, e, neste sentido, a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais organizou um roteiro para os jovens com o objetivo de mostrar, explicar e sensibilizar para as alterações climáticas.

A barragem do Paul da Serra vai permitir que a Madeira passe de 30 para 40% a sua percentagem de energia renovável, assegurou a Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada. Vai ser possível também reduzir em 10% as emissões de dióxido de carbono, provenientes da queima dos combustíveis fósseis, competou a Secretária.

Esta segunda-feira comemora-se o Dia Mundial da Terra, e, neste sentido, a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais organizou um roteiro para os jovens com o objetivo de mostrar, explicar e sensibilizar para as alterações climáticas.

O roteiro, além de abordar o tema das energias renováveis, leva os jovens a conhecerem uma torre de vigilância do Rabaçal, que permite identificar fogos florestais, “fundamental para prevenir os incêndios, e para que o fumo, no caso de existir, não se propague”, refere Susana Prada.

Depois disto falta os jovens visitarem a Levada do Lombo do Mouro, para que possam conhecer uma intervenção no âmbito do combate às perdas de água.

Recomendadas

Madeira: PSD destaca políticas para a juventude e desporto no Orçamento Regional. CDS ataca Cafôfo

Em causa estavam as declarações de Cafôfo a desmentir o que tinha sido dito na passada segunda-feira por António Lopes da Fonseca, de que Cafôfo tinha ligado para o centrista na noite eleitoral de 22 de setembro, bem como a outros elementos do  partido, a porpor um governo com o CDS, constituído por 15 secretarias, em que quatro seriam para o CDS.

“Falta plano estratégico para a Educação na Região”, acusa PS-Madeira

“Estava à espera que houvesse a ideia de repensar a estruturação do primeiro ciclo, já está no momento de repensarmos toda a estratégia da escola a tempo inteiro”, assinalou o deputado socialista, acrescentando que o deporto escolar teve um modelo sempre igual e que nada se está a mudar, ao mesmo tempo que acusa o Governo Regional de não ter ainda uma estratégia regional para o modelo profissionalizante.

Madeira: JPP critica forma como estão a ser concedidos tablets aos alunos

Paulo Alves afirmou que os alunos conseguem aceder a jogos e a outros sites, perturbando  o normal funcionamento das aulas.
Comentários