Base de dados de matrículas deverá revelar que veículos não têm seguro

A ASF tem fortalecido o trabalho com as seguradoras para melhorar a fiabilidade da informação com as entidades públicas que disponibilizam informação sobre os carros, referiu esta sexta-feira Margarida Corrêa de Aguiar.

Cristina Bernardo

A Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) pretende desenvolver a base de dados de matrículas, a fim de permitir saber quais são os veículos em Portugal que não dispõem de seguro de responsabilidade civil automóvel mesmo não estando isentos dessa obrigação.

“Todo este conjunto de informações e dados servem o interesse público, designadamente políticas públicas de prevenção e combate à condução sem seguro de responsabilidade civil obrigatório, ao contribuir para o controlo do cumprimento dessa obrigação e ao facilitar o processo de regularização dos sinistros automóveis”, disse esta sexta-feira Margarida Corrêa de Aguiar.

Na abertura dos 40 anos das comemorações do Fundo de Garantia Automóvel, a presidente deste órgão regulador explicou que pretende acelerar os processos de regularização de sinistros e facilitar o trabalho de fiscalização, numa altura em que os maiores desafios nesta área são a condução autónoma, a micromobilidade e os veículos elétricos.

A ASF tem fortalecido o trabalho com as seguradoras para melhorar a fiabilidade da informação com as entidades públicas que disponibilizam os dados sobre os veículos cujos responsáveis estão isentos de ter seguro de responsabilidade civil automóvel, segundo a ASF.

Recomendadas

Esta é a Semana da Poupança. Saiba o que fazer quando as contas se complicam

Quando o consumidor (e a sua família) sente que as dificuldades são grandes, deve contactar as entidades credoras, mesmo que ainda não se encontre em incumprimento.

Apoio extraordinário de proteção social para trabalhadores. Saiba quem pode beneficiar

Ajuda é direcionada a trabalhadores por conta de outrem e também para trabalhadores independentes que tenham tido uma quebra de serviços prestados igual ou superior a 40%.

Pagamentos com cartão superaram ligeiramente os valores de 2019 em setembro, diz BdP

As compras com cartão ‘contactless’ representaram 30% das compras com cartão realizadas no país em setembro, um aumento de 22 pontos percentuais face à média de 2019. As compras online representaram 9% das compras com cartões, um aumento de 1,5 pontos percentuais face à média de 2019.
Comentários