BCE: Itália propôs Fabio Panetta para substituir Benoit Coeuré

Benoit Coeuré termina em dezembro o mandato no Conselho de Governadores do BCE. O prazo de candidaturas terminou esta quarta-feira e Itália foi o único país a indicar um nome.

Benoit Coeuré termina no final deste ano o mandato como membro do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE) e o italiano Fabio Panetta é o único na corrida ao lugar. O prazo de candidaturas terminou esta quarta-feira e Itália foi o único país a indicar um nome, informou o Eurogrupo em comunicado.

“Recebi um nome. Itália propôs Fabio Panetta, vice-governador do Banco de Itália”, refere o presidente do Eurogrupo, Mário Centeno.

Na última reunião, a 13 de setembro, o Eurogrupo debateu a substituição de Benoit Coeuré no Banco Central Europeu. No próximo encontro, marcado para 9 de outubro, os ministros das finanças da zona euro irão discutir a indicação, de forma a fazer uma recomendação ao Conselho Europeu.

“Em conformidade com o processo de seleção estabelecido no Tratado da UE, o BCE e o Parlamento Europeu serão consultados antes de uma decisão final ser tomada pelo Conselho Europeu”, explica.

No dia seguinte, o Ecofin, deverá adotar a recomendação por maioria qualificada, requerendo pelo menos 14 votos entre os 19 países da zona euro.

Recomendadas

Juros da dívida portuguesa sobem a dois, a cinco e a 10 anos

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a 10 anos avançavam para 0,582%, contra 0,571% na quarta-feira, depois de terem subido até 1,441% em 18 de março.

Bolsa portuguesa acompanha Europa em queda. BCP pressiona PSI 20

Após três sessões consecutivas de ganhos, o principal índice bolsista português (PSI 20) perde  0,86%, para 4.595,97 pontos, em linha com as principais congéneres europeia.

‘Reload’. Lagarde deverá recarregar hoje a ‘bazuca’ com arsenal de meio bilião de euros

O BCE tem estado a disparar as balas sem cerimónia e já gastou mais de 30% do ‘envelope’ de 750 mil milhões de euros no programa de emergência. A expetativa é que anuncie hoje um aumento para 1,25 biliões e um prolongar do programa até daqui a um ano, de forma a evitar especulação nos mercados. As novas projeções económicas também estarão sob foco.
Comentários