BCP e CTT levam PSI 20 ao ‘vermelho’ no fecho da sessão

Praça lisboeta fechou a sessão desta terça-feira com uma descida de 0,08% para 5.303,81 pontos, seguindo a tendência da maioria das suas congéneres europeias.

O principal índice bolsista português, PSI 20, fechou a sessão desta terça-feira a desvalorizar 0,08% para 5.303,81 pontos, seguindo a tendência da maioria das suas congéneres europeias que fecharam a sessão a negociar em terreno negativo.

A fazer tombar o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas o BCP, que caiu 1,77%, para 0,18 euros, superior à queda verificada nos congéneres europeus. Os CTT também contribuíram negativamente para a performance do índice, prolongando a descida já observada na semana passada, descendo 2,15%, para 3,18 euros e a construtora Mota-Engil, que depreciou 0,55%, para 1,79 euros.

Em terreno negativo encontram-se também a Jerónimo Martins, que desceu 0,77%, para 15,53 euros e a EDP Renováveis, que caiu 0,37%, para 10,78 euros.

Das cotadas nacionais a negociarem no ‘verde’ no fecho da sessão estiveram a Altri, que estendeu os ganhos alcançados na sexta-feira passada, valorizando 1,79%, para 6,26 euros, a Galp, que subiu 0,47%, para 15,09 euros, acompanhando a subida do preço do petróleo nos mercados internacionais e a Sonae Capital, que valorizou 1,26%, para 0,80 euros.

Na Europa a maioria das cotadas fecharam a sessão a negociarem no ‘vermelho’. Na Alemanha, o DAX subiu 0,17%, no Reino Unido, o FTSE 100 caiu 0,32%, o francês CAC 40 desvalorizou 0,36%, o holandês AEX caiu 0,22%. Em Espanha, o IBEX35 desvalorizou 0,22% e o italiano FTSE MIB desceu 0,57%.

A cotação do barril de Brent valorizou 0,62%, com valor de 65,25 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresceu 0,39%, para 58,81 dólares por barril.

No mercado cambial o euro desvalorizou 0,02%, para 1,10 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street abre em queda. Morgan Stanley comprou E-Trade

Hoje, a Fed irá publicar as atas da sua última reunião. Os investidores irão estar atentos a qualquer referência ao coronavírus e avaliar até que ponto a a Reserva Federal se irá comprometer e agir no caso de um agravamento da situação nos EUA.

Grupo EDP impulsiona bolsa de Lisboa

Na bolsa portuguesa, dez empresas cotadas valorizam e oito empresas desvalorizam.

Dúvidas sobre Luís Filipe Vieira travam OPA do Benfica

CMVM tem dúvidas quanto ao preço e aos conflitos de interesses do presidente da SAD e de José António dos Santos, avança o “Jornal de Notícias”.
Comentários