BdP avisa que brightfinance.co não está habilitado a exercer atividades financeiras em Portugal

“O Banco de Portugal adverte que as entidades que atuam através do site www.brightfinance.co não se encontram habilitadas a exercer, em Portugal, qualquer atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal, nomeadamente, a receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis”, alerta o BdP em comunicado.

O Banco de Portugal (BdP) avisou hoje que as entidades que atuam através do site www.brightfinance.co não se encontram habilitadas a exercer, em Portugal, qualquer atividade financeira, nomeadamente receção de depósitos e outros fundos reembolsáveis.

“O Banco de Portugal adverte que as entidades que atuam através do site www.brightfinance.co não se encontram habilitadas a exercer, em Portugal, qualquer atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal, nomeadamente, a receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis”, alerta o BdP em comunicado.

Banco de Portugal alerta para esquemas de concessões de empréstimos falsos nas redes sociais

O supervisor avisa ainda que a sociedade Neptune Whisper Unipessoal, Lda., detida por Simeon Simeonov Hristov, e a sociedade Nenupharprodigy, Unipessoal, Lda.,detida por Bogdan Aleksandrov Ivanov, também não se encontram habilitadas a exercer, em Portugal, qualquer atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do BdP, nomeadamente, a receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis.

A atividade de receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis, prevista na Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras encontra-se reservada às entidades habilitadas a exercê-la, podendo a lista ser consultada no site do BdP.

Ler mais
Recomendadas

Novo Banco: Luís Filipe Vieira pede adiamento de audição devido a consulta médica

De acordo com o presidente da Comissão Eventual de Inquérito Parlamentar às perdas registadas pelo Novo Banco e imputadas ao Fundo de Resolução, Fernando Negrão (PSD), Luís Filipe Vieira “pediu que a audição fosse adiada para uma data posterior a uma consulta que tem”.

Novo Banco: José Eduardo dos Santos não respondeu a Cavaco Silva sobre BESA

O antigo presidente angolano José Eduardo dos Santos não respondeu a uma carta do antigo homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, acerca da situação do BES Angola (BESA), segundo respostas enviadas à comissão de inquérito ao Novo Banco.

Novo Banco: Cavaco Silva reitera que nunca pediu dinheiro para campanhas eleitorais

O antigo Presidente da República Cavaco Silva respondeu à Comissão Eventual de Inquérito Parlamentar às perdas registadas pelo Novo Banco e imputadas ao Fundo de Resolução recorrendo a transcrições do seu livro “Quinta-feira e Outros Dias”, um documento com oito páginas, nas quais responde conjuntamente às perguntas feitas pelo BE, PS e PAN.
Comentários