Benfica negoceia acordo para a rescisão com Bruno Lage

O Benfica está a negociar um princípio de acordo para a rescisão contratual do treinador de futebol Bruno Lage, informou hoje o clube, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Octávio Passos/ Lusa

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que está a negociar um princípio de acordo com o treinador Bruno Miguel Silva do Nascimento (Bruno Lage) para a rescisão do contrato de trabalho desportivo com efeitos imediatos”, lê-se no referido comunicado.

Na segunda-feira, após a derrota dos campeões nacionais no terreno do Marítimo, por 2-0, em jogo 29.ª jornada da I Liga, Bruno Lage, de 44 anos, colocou o lugar à disposição e o presidente ‘encarnado’, Luís Filipe Vieira, entendeu as razões do treinador, disse então à Lusa fonte do clube.

“O nosso treinador Bruno Lage, quando acabou o jogo, dirigiu-se a mim com grande elevação, e disse: Presidente, tem o meu lugar à sua disposição, porque entendo que neste momento as coisas não estão boas para o Benfica (…). A partir de amanhã [terça-feira] não serei treinador do Benfica”, disse Luís Filipe Vieira, na sala de imprensa dos insulares.

Lage, que tinha sucedido a Rui Vitória, levou o Benfica à conquista do título nacional de 2018/19 e à vitória na Supertaça Cândido Oliveira.

O treinador natural de Setúbal tinha contrato com os ‘encarnados’ até 30 de junho de 2023.

Quando faltam cinco jogos para o fim do campeonato, o Benfica ocupa o segundo lugar do campeonato, menos seis do que o líder FC Porto, com quem tem desvantagem no confronto direto.

Ler mais
Relacionadas

Da OPA a Lage. Dois meses ‘horribilis’ de Vieira podem colocar em causa presidência de 17 anos

Tudo começou no início de maio com o chumbo definitivo da polémica OPA que o Benfica propôs. Com a retoma da Liga, vieram as derrotas e uma crise desportiva que pode alastrar-se à direção numa altura em que faltam quatro meses para as eleições das ‘águias’.

“Sou o único culpado”. Vieira pondera continuidade como presidente do Benfica

“Sou o único culpado desta derrota. Quando chegar a Lisboa vou falar com a família e a seguir irei comunicar a decisão”, referiu o presidente do Benfica.
Recomendadas

Luís Filipe Vieira recandidata-se à presidência do SL Benfica

O dirigente máximo dos ‘encarnados’ fez a revelação na reunião dos órgãos sociais que teve lugar esta terça-feira e assumiu-se como candidato à presidência do clube. Caso seja reeleito, poderá manter-se à frente das ‘águias’ até outubro de 2024.

“É um choque sísmico”. Clubes europeus podem perder quatro mil milhões de euros em receitas

Os clubes europeus podem vir a perder quatro mil milhões de euros em duas temporadas, devido ao impacto da pandemia de covid-19, revela um estudo a Associação Europeia de Clubes (ECA). esta terça-feira.

Nélson Veríssimo assume comando técnico do Benfica até ao fim da temporada

Nélson Veríssimo fica como treinador do Benfica até ao final da temporada, anunciou a SAD em comunicado enviado à CMVM.
Comentários