Bitcoin valoriza 20% no arranque do ano

A moeda virtual está a valer mais de 8.600 dólares e a ter o melhor desempenho de início de ano desde 2012.

Bitcoin

A maior moeda virtual do mundo está bem e recomenda-se. A Bitcoin está a ter o melhor início de ano desde 2012, sinalizando que o otimismo regressou ao mercado das criptomoedas depois das quedas a que foi assistindo desde o recorde registado há cerca de três anos.

O portal CoinDesk mostra que a Bitcoin está negociar nos 8.649.55 dólares às 8h48 desta quarta-feira, o que representa uma subida de 21% desde que começou 2020. Ontem, esta moeda digital teve um acréscimo de 8,9%, para os 8.854 dólares, o valor mais elevado desde novembro.

Mas a Bitcoin não está sozinha nas subidas: a Ethereum vale agora 162.21 dólares e a XRP 0,23 dólares – ambas com ganhos superiores a 20% nas duas primeiras semanas do ano. Já a “altcoin” Bitcoin SV está nos 334.12 dólares. Apesar de longe irem os tempos em que a – na altura “mainstream” – Bitcoin batia quase os 20 mil dólares (dezembro de 2017), há analistas que admitem a hipótese de chegar, pelo menos, aos 15 mil dólares até ao final desde ano.

Vijay Ayyar, da plataforma de criptomoedas Luno, disse que é “discutível” se esse evento já está com preço ou não.“Suponho que a maioria das pessoas não sabe disso e, quando o preço começar a subir, as massas voltarão a chegar, tal como vimos antes. Está previsto que isso aconteça em maio de 2020. Portanto, qualquer aumento de preços como o que estamos a assistir, as pessoas estão de olho, com certeza”, afirmou à “CNBC”.

O Fórum Económico Mundial (WEF, na sigla anglo-saxónica) explicou, num artigo publicado a 2 de janeiro, que está empenhado em assegurar que haverá uma maior adoção da tecnologia blockchain, que julga “inevitável”. Sheila Warren, responsável pela área no WEF, diz que há que garantir que essa adesão “ocorre de maneiras que apoiem a inclusão e evitem replicar a consolidação de poder que existe atualmente, particularmente no sistema financeiro”. “Além disso, continuamos focados em racionalizar essa tecnologia em todos os setores e divulgar os nossos conhecimentos, num esforço para orientar o setor público e a sociedade civil”, realçou.

Australiano que alega que criou a Bitcoin perde metade da fortuna

Venezuela não sabe o que fazer com as Bitcoin que foi acumulando desde as sanções norte-americanas

Ler mais

Recomendadas

Uma maçã contra o vírus e Wall Street agradece

Wall Street respirou ontem de alívio com o aumento da confiança na capacidade das autoridades chinesas poderem conter a propagação da epidemia do coronavírus.

IGCP emite 949 milhões de euros em operação de troca para alongar prazos da dívida até 2029

Na primeira operação de troca de dívida deste ano, a instituição presidida por Cristina Casalinho adiou em oito anos o reembolso de Obrigações do Tesouro que venciam em 2021.

BCP e papeleiras impulsionam PSI 20

Na bolsa portuguesa, catorze empresas cotadas valorizam, três desvalorizam e uma negoceia sem variação.
Comentários