Bolsa do Empreendedorismo 2018 chega a Lisboa

Os participantes poderão interagir, debater e trocar ideias com representantes da Comissão Europeia, do Banco de Portugal e do Fundo Europeu de Investimento

A Representação da Comissão Europeia em Portugal organiza a ”Bolsa do Empreendedorismo 2018”, no próximo dia 15 de outubro em Lisboa.

O evento rege-se sob o lema Portugal empreendedor, um encontro com a Europa” e é de entrada livre no sentido de promover um diálogo direto e produtivo entre o ecossistema empreendedor em Portugal e as instituições, agências e redes europeias que apoiam, promovem e financiam empresas e projetos de negócio.

Os painéis irão abranger diversos temas, desde a forma como a União Europeia apoia os empreendedores e os seus projetos, a como se reflete esse apoio em Portugal, ao apoio à formação e educação no domínio do empreendedorismo até ao apoio ao arranque e desenvolvimento das ideias de negócio.

O evento contará com cerca de 40 oradores nos vários painéis, como a Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, Kim Kreilgaard, Chefe do Gabinete do Banco Europeu de Investimento em Portugal e Grzegorz Ambroziewicz, do European Innovation Council pilot da Agência Executiva para as PMEs (EASME) da Comissão Europeia.

Ao longo do dia, os participantes terão oportunidade de interagir e trocar ideias com representantes da Comissão Europeia responsáveis pelo apoio às PME e ao empreendedorismo, responsáveis pela gestão de programas de apoio e financiamento das PME e pela animação de redes de colaboração europeias, representantes do Banco Europeu de Investimento e, ainda, responsáveis do Fundo Europeu de Investimento ou do EaSI (Programa da UE para o Emprego e a Inovação Social).

Relacionadas

Como investir em startups e pequenas empresas em expansão?

Os investidores são parceiros de negócio, mas devem ter em conta fatores como ‘break-even point’ e a ‘burn rate’ da empresa. No entanto, por vezes, começar a apoiar um projeto diferente começa mesmo em ‘casa’: fomentando o intraempreendedorismo.

Investimento em startups portuguesas de Inteligência Artificial foi de apenas 3 milhões de euros na última década

A conclusão é do estudo “Inteligência Artificial na Europa”, elaborado pela Ernst & Young (EY) para a Microsoft, que revela que uma grande parte desse montante foi investido nas portuguesas Bambu – que opera com machine learning – e Perceive 3D – cujo trabalho é em computer vision.

Aplicação para poupança de combustível dá prémio Altice de inovação à Fuel Save

Vanessa Duarte, doutoranda em Engenharia Física na Universidade de Aveiro, venceu o prémio Academia, mas também o Born From Knowledge (BfK) AWARDS, atribuído pela ANI – Agência Nacional de Inovação (ANI).
Recomendadas

Idosos, grávidas ou deficientes. Quem tem prioridade numa fila?

Uma leitora questionou-nos acerca dos direitos de prioridade de uma grávida, depois de lhe ter sido negado o atendimento preferencial numa loja. Esta prática é ilegal.

Escapadinha de fim de semana? Aproveite. Ryanair com voos a partir de 3,99 euros

Existem 100 mil lugares com voos 20% mais baratos para os meses de maio, junho e julho.

Viagem de avião de 90 minutos: Ir almoçar a Nova Iorque e voltar no mesmo dia?

Uma startup norte americana tem planos garante que já tem financiamento para desenvolver avião que vai permitir voar 5 vezes mais rápido que a velocidade do som.
Comentários