Bolsa de Lisboa continua a subir à boleia do grupo EDP

Grupo EDP, BCP, CTT e Semapa elevam bolsa de Lisboa a negociar no meio da sessão desta quarta-feira em terreno positivo.

A bolsa de Lisboa está a ganhar 1,25% para 4.961,18 pontos no meio da sessão desta quarta-feira, 21 de julho.

Na praça lisboeta, a Semapa soma 3,29% para 10,66 euros, a EDP Renováveis avança 2,94% para 20,28 euros e o BCP cresce 2,18% para 0,12 euros. Também os CTT elevam-se 1,40% para 4,34 euros, a Galp sobe 1,47% para 8,45 euros, a EDP aumenta 1,12% para 4,41 euros e a Sonae avança 0,77% para 0,78 euros.

A EDP Renováveis entrou no mercado onshore no Reino Unido, anunciou hoje a companhia liderada por Miguel Stilwell de Andrade. A empresa comprou um portefólio eólico e solar de 544 megawatts (MW) à Vento Ludens e à Wind2 por um valor de 71 milhões de libras (60 milhões de euros).

A Navigator soma 0,36% para 2,80 euros, a Altri cresce 1,26% para cinco euros e a Jerónimo Martins sobe 0,97% para 16,61 euros.

Em sentido inverso, a Ibersol e a Ramada surgem em terreno negativo, com as suas ações a negociarem 5,74 e 5,92 euros, respetivamente.

A Novabase, a Pharol e a Nos estão neste meio da sessão a negociar de forma inalterada, com as ações avaliadas em 4,53, 0,10 e 2,96 euros, pela mesma ordem.

As principais praças europeias estão hoje a negociar em terreno positivo. Frankfurt está a valorizar 0,89% e Paris ganha 1,37%. Madrid está neste meio da sessão a valorizar 1,77%. Londres avança 1,72% e Itália soma 1,58%. O Euro Stoxx segue a valorizar 1,38% para 4.010,78 pontos.

Relativamente ao valor do ‘ouro negro’, o preço do petróleo WTI, produzido no Texas, ganha 1,40% para os 68,14 dólares por barril, também com a cotação do barril de Brent a valorizar 1,40% para os 70,32 dólares.

No mercado cambial, o euro perde 0,06% face ao dólar, para 1,1772 dólares, e a libra esterlina cai 0,21% face à moeda dos Estados Unidos, para os 1,3597 dólares.

Recomendadas

Wall Street encerra ‘mista’ penalizada com números do emprego nos EUA

As empresas privadas nos Estados Unidos criaram 330 mil novos empregos, números que ficam aquém das expectativas dos analistas que, após reverem a previsão em baixa, apontavam para os 680 mil novos postos de trabalho. S&P 500 e Dow Jones fecham o dia no ‘vermelho’, enquanto o tecnológico Nasdaq encerra em terreno positivo.

PSI-20 contraria ganhos na Europa e fecha a perder 0,23%

O PSI 20 destoou da tendência europeia, onde os principais índices avançaram depois de dados animadores relativamente à recuperação económica europeia e colocaram o pan-europeu STOXX 600 em máximos históricos pelo terceiro dia consecutivo.

Levantamento de restrições e valorização da libra indicam recuperação do turismo britânico em Portugal

A fintech Ebury, especializada em pagamentos internacionais, diz que, tendo em conta a preferência dos portugueses por destinos de praia, os destinos mais vantajosos em termos cambiais são o Dubai (Emirados Árabes Unidos), as Caraíbas e Zanzibar, na Tanzânia.
Comentários