Bolsa portuguesa perde 0,11% numa Europa mista

No grupo dos títulos ‘a vermelho’ estão: a Ibersol (-1,32%, para 11,200 euros), a Galp Energia (-0,33%), a Jerónimo Martins (-0,10%), a EDP (-0,13%) a NOS (-0,21%), o BCP (-0,07%), a REN (-0,32%), a Navigator (-0,51%), a Altri (-0,39%), a Corticeira Amorim (-0,99%) a Sonae Capital (-0,21%).

Depois de ter aberto a sessão com ganhos ligeiros, a bolsa portuguesa está na manhã desta terça-feira, dia 20 de março, a negociar em baixa. O principal índice nacional, PSI-20, perde 0,11%, para 5.390,44 pontos, num quadro europeu misto.

O PSI-20 está ser pressionado pela desvalorização da maior parte das 18 cotadas – ‘brilham’ apenas a Mota-Engil, que lidera os ganhos (+1,24%, para 3,6600 euros); a Sonae, que soma 0,43%, para 1,1700 euros; a EDP Renováveis, que avança 0,47%, para 7,5050 euros; e ainda a recém-chegada F. Ramada, que avança 0,76%, para 13,200 euros.

No grupo dos títulos ‘a vermelho’ estão: a Ibersol (-1,32%, para 11,200 euros), a Galp Energia (-0,33%), a Jerónimo Martins (-0,10%), a EDP (-0,13%) a NOS (-0,21%), o BCP (-0,07%), a REN (-0,32%), a Navigator (-0,51%), a Altri (-0,39%), a Corticeira Amorim (-0,99%) a Sonae Capital (-0,21%).

Nas praças europeias, os mercados estão mistos. O alemão DAX desce 0,19%, o francês CAC 40 perde 0,24%, o espanhol IBEX 35 desvaloriza 0,28%, o holandês AEX desce 0,06%, sendo que o italiano FTSE MIB, o britânico FTSE 100 e o SE de Budapeste apreciam: 0,04%, 0,06% e 0,39%, respetivamente.

“Um dos padrões que tem emergido em 2018 é a underperformance dos mercados europeus face aos americanos. Desde o início do ano, o Eurostoxx50 perdeu 3.12% enquanto que o S&P  valorizou‐se  1.47%  (e o Nasdaq100  7.32%). Em  consequência  desta  tendência e a reforçá‐la tem estado posicionamento  dos hedge funds”, referem os analistas do BPI.

Quanto ao mercado petrolífero, o brent aumenta 0,59%, para os 66,44 dólares por barril, e o crude WTI sobe 0,90%, para os 62,69 dólares. No mercado cambial, o euro avança os ligeiros 0,05%, para 1,2342 dólares, e a libra soma 0,25%, para 1,4059 dólares.

Ler mais

Relacionadas

PSI-20 abre em linha d’água e segue congéneres europeias

A bolsa portuguesa ganha os ligeiros 0,04% para os 5.398,64 pontos.

Energia leva PSI 20 a fechar no vermelho. Estreia da F. Ramada não impressiona

O índice de referência nacional acompanhou as principais bolsas europeias na tendência negativa, enquanto o euro valoriza face ao dólar.

Wall Street negoceia em queda à espera da Fed, com Facebook a afundar 5%

As principais bolsas norte-americanas começam assim a semana no vermelho, após a semana passada ter sido de quedas. Os mercados dão como garantida uma subida das taxas de juro nos Estados Unidos, na quarta-feira.
Recomendadas

Wall Street fecha semana no verde com perspetiva de estímulo à economia a sobrepor-se à fraca criação de emprego

Apesar dos fracos números da criação de emprego em novembro, os mercados animaram-se com as declarações de Nancy Pelosi sobre um possível acordo bipartidário para um pacote de estímulos à economia americana, isto depois do líder do Senado ter admitido o mesmo na quinta-feira.

Bolsa de Lisboa fecha em alta numa sessão animada em toda a Europa

Galp dispara mais de 5% com subida do preço do petróleo, após o anúncio de um acordo da OPEP+ em suavizar os aumentos previstos de produção de crude. O BCP fechou em alta de mais de 2% e já está acima dos 12 cêntimos.

Vencedor de concurso da Católica Porto Investment Club alerta que CBDC são “questão de segurança nacional”

Nuno Loureiro, vencedor do concurso Champion Chip 2020, organizado pela Católica Porto Investment Club, alerta que a infraestrutura tecnológica que suporta moedas digitais emitidas por um banco central (CBDC) poderão ser alvo de ataques cibernéticos de outros Estados.
Comentários