Bolsas europeias fecham com quedas. Galp e BCP castigam PSI-20

Os títulos do banco e da petrolífera caíram mais de 5%

Paulo Whitaker/Reuters

O PSI-20 manteve a tendência negativa desta terça-feira e encerrou a sessão no ‘vermelho’, com uma perda de 2,27%, para 4.035,94 pontos. No final das negociações de hoje, o principal índice nacional viu-se sobretudo penalizado pelas fortes desvalorizações do BCP (-5,64%, para 0,92 euros) e da Galp Energia (-5,58%, para 9,06 euros).

As ações da petrolífera nacional reagem à derrocada dos preços do petróleo e ao facto foi também notícia pelo facto de ter informado vai suspender a produção na refinaria de Sines no início de maio, depois de ter parado a de Matosinhos.

Esta matéria-prima ficou ontem na história por causa dos valores negativos. Os preços dos contratos futuros para entrega em junho recuam agora cerca de 30% para cerca de 14 dólares. “Isto mostra que a falta de procura devido à pandemia levou o mundo a grande dificuldade de armazenamento e que os detentores destes contratos não querem levar os mesmos até à maturidade para aí terem de exercer essa reserva”, refere Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp, numa nota de mercado.

Quanto aos títulos da EDP Renováveis, caíram 1,51%, para 10,44 euros, no dia em que a empresa informou que garantiu um contrato de compra de energia com a Royal DSM.

Já a Altri desvalorizou 1,85%, para 4,45 euros. “Numa entrevista, o CEO Paulo Fernandes referiu que a empresa irá pagar dividendos aos seus acionistas, após um ano 2019 positivo, embora o mesmo seja metade do dividendo distribuído no ano passado tendo em conta a atual situação desafiante. A Sonae apresentou uma overperformance relativa, ao terminar nos 0,6620 euros”, destacam ainda os analistas do CaixaBank/BPI Research.

Entre as principais praças europeias, o sentimento foi igualmente pessimista, mesmo depois de os governos de Itália e de Espanha terem anunciado que vão começar a levar as restrições no início de maio. O índice alemão DAX perdeu 3,99%, o britânico FTSE 100 caiu 2,96%, o francês CAC 40 desceu 3,77%, o holandês AEX diminuiu 3,32%, o espanhol IBEX 35 caiu 2,88% e o italiano FTSE MIB resvalou 3,59%. O Euro Stoxx 50 ficou marcado por uma desvalorização de 4,06%.

Ler mais

Recomendadas

Nasdaq lidera quedas em Wall Street

As tecnológicas acentuaram as perdas, nomeadamente as FAANG. A Facebook perdeu 2,48%, a Apple cedeu 0,46%, a Amazon tombou 3%, a Netflix afundou 4,23% e a Alphabet, dona da Google, caiu 1,74%. Também a Microsoft teve uma sessão negativa, desvalorizando 3,09%.

Domingos Soares de Oliveira: “não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”

“Conforme é sabido, o nosso presidente tem uma relação pessoal com o treinador Jorge Jesus, portanto é natural que converse com o treinador, mas não não há neste momento qualquer situação oficial entre o Benfica e o treinador Jorge Jesus”, vincou Domingos Soares de Oliveira.

PSI-20 fecha em alta com a ajuda do BCP que valorizou mais de 3%

O BCP foi a estrela da sessão ao subir mais de 3%. Mas a queda da EDP, depois das notícias de que a própria empresa deverá ser constituída arguida no processo de rendas excessivas, travou a subida do PSI-20 que fechou em alta, mas abaixo das principais praças da Europa.
Comentários