Bolsas europeias seguem mistas. Navigator sobe num PSI-20 em queda

Os títulos da empresa da pasta e do papel estão a valorizar 1,21%, para 2,18 euros, depois da decisão favorável do Tribunal de Comércio Internacional dos Estados Unidos. O índice PSI-20 cai 0,30%, para 4.462,90 pontos.

As bolsas europeias seguem direções opostas a meio da sessão desta quinta-feira, dia em que o Eurogrupo se reúne para escolher o sucessor de Mário Centeno na liderança do grupo de ministros das Finanças da zona euro. A praça lisboeta é uma das que cai, com o índice PSI-20 a deslizar 0,30%, para 4.462,90 pontos, após ter arrancado as negociações a subir 0,31%, para os 4.490,19 pontos.

Cotadas como a Novabase ou Nos perdem mais de 1%, mas em queda estão também as energéticas EDP e Galp Energia e o grupo Sonae. O BCP também sobe, avançando os ligeiros 0,29%, para 0,11 euros.

Ainda assim, é a Navigator que se destaca, em contraciclo, depois de o Tribunal de Comércio Internacional dos Estados Unidos ter decidido favoravelmente em relação à correção das taxas aplicadas em solo norte-americano a remessas de papel importado. As ações da empresa, que espera agora ser reembolsada em 25,7 milhões de dólares (cerca de 23 milhões de euros), estão a valorizar 1,21%, para 2,18 euros.

Observando os restantes índices europeus, o alemão DAX sobe 1,39%, alavancado pelos fortes ganhos da tecnológica SAP, o francês CAC 40 avança 0,17%, o britânico FTSE 100 recua 0,56%, o holandês AEX soma 0,31%, o espanhol IBEX 35 resvala 0,17% e o italiano FTSE MIB perde 0,57%. O Euro Stoxx 50 está a ser marcado por uma valorização de 0,61%.

“No seio empresarial, a Pandora também reage positivamente aos dados preliminares reportados, sobe mais de 5%. Já a Rolls-Royce perde mais de 8% em reação aos números. No plano macroeconómico foi revelado que as exportações e importações alemãs ficaram aquém do previsto no mês de maio”, referiu Ramiro Loureiro, trader do Millennium bcp, em research.

Numa nota de mercado, os analistas do Bankinter adiantam que “o aumento do número de infetados poderá significar um ritmo de recuperação algo mais lento, travando os avanços das bolsas após as fortes subidas dos últimos dias”.

Em relação ao mercado petrolífero, o preço do ‘ouro negro’, o valor do WTI, produzido no Texas, perde 0,24%, para 40,80 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent está a valorizar 0,16% para 43,36 dólares. Quanto ao mercado cambial, o euro valoriza 0,15% face ao dólar (para 1,1346 dólares) e a libra desce sobe 0,33% face à moeda dos Estados Unidos, para 1,2651 dólares.

Ler mais

Recomendadas

PremiumRisco de continuidade do negócio é o mais relevante para as empresas

Um estudo da MDS revela que a possibilidade de recuperação em ‘V’ é, do lado das empresas, uma miragem: um a três anos é o tempo mínimo esperado de regresso à atividade pré-pandemia.

Wall Street fecha semana com ganhos ligeiros. Nasdaq reflete dados da criação de emprego

O Nasdaq Composite registou a única queda da sessão: 0,87% para 11,010.98 pontos. Foi a maior vítima da sessão de uma conjugação de fatores: a criação de empregos nos EUA e a negociação do pacote de estímulos fiscais.

Aumento de capital da EDP não anima investidores. PSI-20 encerra no ‘vermelho’

O PSI-20 fecha a sessão de hoje a desvalorizar 0,25% para 4.362,62 pontos à boleia da EDP que desvaloriza 0,73% depois de ter completado o aumento de capital que vai financiar a compra da espanhola Viesgo.
Comentários