Boris Johnson alerta para variante indiana do vírus

“Estamos a realizar uma grande quantidade de testes para encontrarmos surtos da variante indiana”, disse o primeiro-ministro britânico.

DR Daniel Leal-Olivas/ REUTERS

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, referiu esta sexta-feira que o governo precisa de encarar o surgimento de novas variantes da Covid-19 descobertas na Índia, que desde então começaram a se espalhar no Reino Unido.

“Acho que temos que ser muito cuidadosos. Estamos a realizar uma grande quantidade de testes para encontrarmos surtos da variante indiana”, explicou o primeiro-ministro do Reino Unido, citado pela agência “Reuters”.

A 28 de abril, a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que a variante do vírus detetada na Índia já foi identificada em pelo menos 17 países. A estirpe B.1.617 foi detetada em mais de 1.200 sequências de genoma.

Segundo a OMS, a maioria das amostras “vem da Índia, Reino Unido, Estados Unidos e Singapura”. Em Portugal foram detetados seis casos daquela variante na última semana, todos “associados a Lisboa e Vale do Tejo”, apontou, a 28 de abril, o investigador João Paulo Gomes, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

A variante foi identificada pela primeira vez em março na Índia, onde uma nova vaga de infeções sobrecarregou o sistema de saúde, com escassez de oxigénio e de camas.

Até ao momento, a pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.258.595 mortos no mundo, resultantes de mais de 155,9 milhões de casos de infeção, segundo a agência francesa AFP.

Relacionadas

Britânicos vão poder viajar para Portugal sem ter de fazer quarentena

O secretário do Estado dos Transportes do Reino Unido divulgou as listas verde, âmbar e vermelha para viagem. Na lista de maior alerta encontram-se Índia, África do Sul ou Brasil, cujos residentes continuam a estar sujeitos a onze noites de quarentena num hotel pago pelo turista/visitante.

Britânicos já sonham com o sol português. Preço dos voos dispara com fim das restrições à vista

O Governo britânico anuncia hoje quais os países que deixam de estar sujeito a restrições a partir de 17 de maio, com muitos britânicos a reservar já a sua viagem rumo ao sol de Portugal.
Recomendadas

Covid-19. Presidente da República alerta sobre tempo presente “perigosamente egoísta”

O Presidente da República elogiou este sábado o percurso de meio século de liberdade religiosa em Portugal, mas advertiu que se vive “um tempo perigosamente egoísta” e frisou que as preocupações sociais são inseparáveis de uma democracia justa.

Arraial da IL em Lisboa com parecer desfavorável da DGS para atividades que extravasem comício

A Iniciativa Liberal (IL) promove este sábado um “Arraial Liberal” em Santos, Lisboa, com animação e 20 barraquinhas, mas a autoridade de saúde deu parecer desfavorável a todas as atividades que extravasem o comício político, e recomendou distanciamento.
Comentários