Bosch com mais de 130 vagas de estágios remunerados em Aveiro, Braga e Ovar

A Bosch tem novo programa de estágios para as suas unidades localizadas em Aveiro, Braga e Ovar.

A Bosch abriu 130 vagas para o “Jump In”, um programa de estágios remunerados que permite a integração de jovens recém-licenciados e estudantes universitários nas unidades em Aveiro, Braga e Ovar.

O programa de estágios “Jump In” demonstra “a clara aposta nos perfis mais jovens e sobretudo na sua valorização e credibilização enquanto potenciais colaboradores da Bosch. Sabemos que é fundamental apostar nos mais jovens de forma a preparar o futuro da empresa e é nesse sentido que abrimos as nossas portas a estudantes e recém-licenciados”, afirmou Cláudia Santos Silva HR Country Coordinator.

Além das 130 vagas de estágio, a empresa apresenta o “Bosch Connect Day“, um programa que permitirá aos futuros engenheiros conhecerem o dia-a-dia de um centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D) da Bosch em Portugal.

Estudantes e recém-licenciados das mais diversas áreas de engenharia vão poder candidatar-se para acompanhar um profissional da sua área neste programa estilo “shadow day” e, durante um dia inteiro, estarão em contacto com desafios e tarefas reais de um engenheiro.

Terão ainda a oportunidade de conhecer os mais recentes projectos da Bosch nas áreas da condução autónoma, dos sensores e da multimédia automóvel, bem como da termotecnologia e segurança nas cidades inteligentes. Este formato estende-se a Aveiro, Ovar e Braga e estará a decorrer até Maio de 2020.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas

Facebook expande programa de ‘fact checking’ independente em Portugal

A rede social anuncia expansão do programa de fact-checking em Portugal com o Polígrafo.

Automattic compra Tumblr

O negócio deve estar finalizado durante os próximos meses se for aprovado pelas entidades reguladoras.

Startup chinesa quer exportar os seus autocarros sem condutor para todo o mundo

O “Panda Bus”, como é apelidado, deverá circular na Tailândia e na Grécia no final deste ano. Na china já é uma realidade.
Comentários