BPI assina protocolo com Agricultores do Ribatejo para financiar empresas agrícolas

O BPI e a Associação de Agricultores do Ribatejo assinaram um protocolo comercial, através do qual os associados (empresas e empresários agrícolas) vão beneficiar de condições comerciais especiais no financiamento bancário.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

O BPI e Associação de Agricultores do Ribatejo (AAR) celebraram um protocolo para apoiar o financiamento das empresas agrícolas. Com este protocolo, mais de 350 associados da AAR vão contar com a assessoria de equipas especializadas do BPI e ofertas específicas de crédito dirigidas ao sector agrícola e agroindustrial.

A Agricultura é um dos sectores prioritários eleitos pelo BPI, refere a instituição financeira. O Banco assume “a liderança destacada” na linha de crédito de curto prazo à agricultura, silvicultura e pecuária do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), com uma quota de 48% do montante total de crédito enquadrado e lidera igualmente em número de pedidos de adiantamento de subsídios à exploração concedidos pelo IFAP e validados pela CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal), com uma quota de 59%

Em comunicado o BPI relata que na assinatura do protocolo comercial, foi representado pelo Diretor Coordenador da Direção de Negócios de Agricultura, Turismo e Imobiliário, João Folque Patrício. Já a Associação de Agricultores do Ribatejo (AAR) foi representada pelos membros da direção Nuno Coimbra e Carlos Henriques.

“A parceria entre as duas entidades, assinada na sede da AAR, tem como finalidade apoiar os cerca de 350 associados (empresas / empresários agrícolas) da AAR na escolha das melhores soluções de financiamento”, explica o banco. “O BPI apresenta um conjunto de soluções completas que se adequam às múltiplas necessidades das empresas agrícolas e agroindustriais, nomeadamente para apoio à tesouraria e ao investimento”, adianta o comunicado.

O Banco aposta também na simplificação do processo de contratação das operações, com um acompanhamento dedicado de equipas especializadas.

A AAR foi fundada em 1976, com sede em Santarém e tem cerca de 350 associados, sendo uma referência na Lezíria do Tejo.

 

Ler mais
Recomendadas

Governo aprova 30 projetos de segurança em barragens com 1,2 milhões de apoio

“A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, homologou esta terça-feira 30 candidaturas que visam a elaboração de estudos e projetos de melhoria das condições de segurança de barragens”, indicou, em comunicado, o Governo.

Matos Fernandes debate efeito do Plano de Recuperação e Resiliência nas florestas. Veja em direto

Esta sessão de “PPR em debate” visa apresentar objetivos, reformas e investimentos previstos e recolher contributos para o aprofundamento do Plano de Recuperação e Resiliência. Sessão conta com a presença de João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Ação Climática.

PS recomenda ao Governo que crie apoios para sistemas antigranizo

Os deputados socialistas lembram que “quase todos os anos se verificam fenómenos atmosféricos extremos”, que têm “gravosos impactos económicos e financeiros na atividade dos agricultores, colocando por vezes em causa a continuidade da atividade”.
Comentários