Brasil regista mais 32.622 infetados e 376 mortes por covid-19

O Brasil tem uma taxa de incidência de 2.880 casos por cada 100 mil habitantes.

O Brasil tem mais 32.622 novos casos de covid-19 e 376 mortes nas últimas 24 horas, registando mais de seis milhões de infetados no acumulado e quase 169 mil óbitos, anunciou o Ministério brasileiro da Saúde.

Os dados fazem parte do último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, que indica que o país sul-americano regista hoje 5.429.158 pacientes recuperados da covid-19.

A taxa de incidência é de 2.880 casos por cada 100 mil habitantes.

O foco da pandemia no país continua a ser São Paulo (sudeste), o estado mais rico e populoso do país, que concentra oficialmente 1.205.435 pessoas diagnosticadas e 41.256 vítimas mortais.

Segue-se o estado de Minas Gerais com 395.544 casos acumulados e 9.732 mortes.

O Brasil tornou-se, na sexta-feira, no terceiro país do mundo a transpor a marca dos seis milhões de infetados, apenas atrás dos Estados Unidos e da Índia, de acordo com o portal Worldometer, que compila quase em tempo real informações da Organização Mundial da Saúde, dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças, de fontes oficiais dos países, de publicações científicas e de órgãos de informação.

Ler mais
Recomendadas

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE, diz António Costa

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a Covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

França prepara grande campanha de vacinação entre abril e junho

A França está a planear uma grande campanha de vacinação para o público em geral entre abril e junho, depois de uma primeira vaga dirigida às pessoas mais vulneráveis, anunciou hoje o Presidente francês, Emmanuel Macron.

Covid-19: plano de vacinação apresentado na quinta-feira

Na quarta-feira o primeiro-ministro vai reunir-se com a equipa que está a elaborar este plano de vacinação contra o coronavírus.
Comentários