Cafôfo quer acabar com subfinanciamento da saúde na Madeira

O candidato ao Governo Regional propõe ainda um sistema de incentivos à fixação de médicos e enfermeiros, uma reorganização dos serviços primários.

Um sistema de incentivos para a fixação de médicos e enfermeiros na região e ainda o fim do subfinanciamento da saúde na Madeira são algumas das propostas de Paulo Cafôfo, candidato do PS Madeira ao Governo Regional, para o setor.

Cafôfo considera que o sistema de saúde regional tem vindo a se “degradar progressivamente” através de erros de gestão, pela desqualificação dos seus profissionais, e ainda pelo desinvestimento financeiro.

O candidato socialista propõe um reforço do orçamento para a saúde e ainda a garantir o acesso universal ao setor através da contratação de mais médicos de famílias.

“Precisamos de contratar mais médicos e enfermeiros de família, com um reforço destas equipas de saúde, com a reorganização destes cuidados primários, com a valorização dos profissionais”, reforçou.

Cafôfo entende que uma das prioridades deve ser os centros de saúde e os cuidados primários, estabelecimentos que o candidato do PS Madeira considera como o “caminho certo na inversão da degradação” do Sistema Regional de Saúde, acrescentou.

Recomendadas

Virus: segundo hospital para infetados criado na China dentro de duas semanas

O hospital terá capacidade para 1.300 camas, as quais se somarão aos 1.000 leitos previstos para o primeiro hospital para pacientes portadores do vírus que será construído em dez dias.

Vírus: Governo português reforça apoio a cidadãos de Wuhan e admite retirá-los

O Governo tem estado a estabelecer contacto com os portugueses, tendo identificado duas dezenas de cidadãos que são ali residentes ou que se encontram em visita à cidade de Wuhan.

Hong Kong declara estado de emergência devido a coronavírus

O país decidiu ainda manter encerradas as escolas primárias e secundárias durante as duas próximas semanas, depois das férias do Ano Novo Lunar.
Comentários