Caminho dos Tornos já está aberto à circulação concluindo intervenções nas escarpas do Funchal

A intervenção na escarpa do Caminho dos Tornos teve um custo de 1,4 milhões de euros.

O Caminho dos Tornos, no Funchal, já abriu à circulação depois de realizados trabalhos de consolidação da escarpa, afetada pelos incêndios de 2016. A intervenção teve um custo de 1,4 milhões de euros, e inclui ainda trabalhos de limpeza e pré-consolidação, e de repavimentação, refere a Câmara Municipal do Funchal.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Gouveia, referiu que os trabalhos que têm sido realizados nas escarpas do concelho afetadas pelo incêndio já estão concluídos, e que as intervenções feitas nas escarpas no concelho, nos últimos anos representam um investimento, que contou com co-financiamento, no valor de sete milhões de euros.

Entre as escarpas intervencionadas estão: Tornos (Monte), encostas sobranceiras à Levada dos Moinhos e Rua 5 de Outubro (São Pedro), à Rua Dr. Pestana Júnior (Santa Maria Maior), à Estrada Comandante Camacho de Freitas, entre o Encontro e a zona da Fundoa (São Roque), e, na margem oposta, junto à Socipamo (Monte), e ainda, ao Cabeço dos Lombos (Monte).

“Isto traduz o grau de exigência empregue por todos na Autarquia na resolução de um problema de segurança pública, estrutural para o futuro do concelho”, disse Miguel Gouveia.

O autarca disse ainda que estas obras permitem agora repor a normalidade nestas zonas, mas que garantem a segurança da população.

Recomendadas

Madeira: “Apoios às empresas são tardios”, destaca JPP

Élvio Sousa salientou que os Açores já iniciaram os primeiros pagamentos nesta segunda-feira, dia 30 de março, quando “nós andamos aqui a saltitar de promessa em promessa, de data em data, de expetativa em expetativa, e os empresários sem saber o que fazer”.

Câmara do Funchal aprova 178 mil euros para 14 entidades da área social

Foi aprovada ainda a isenção do pagamento de taxas de ocupação de espaço público municipal por esplanadas.

Covid-19: Açores elevam para 63 os casos positivos mais seis que na quarta-feira

A Autoridade de Saúde dos Açores adianta ainda que “todos” estes novos casos “apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio”.
Comentários