Candidaturas a apoios de 50 milhões para vinha prolongadas até fevereiro

Face ao previsível condicionamento de mobilidade, por força da evolução da pandemia de covid-19, o Instituto da Vinha e do Vinho prorrogou o prazo de apresentação das candidaturas ao Regime de Apoio à Reestruturação e Reconversão da Vinha”, indicou, em comunicado, o Ministério da Agricultura.

Benoit Tessier/Reuters

O Instituto da Vinha e do Vinho prolongou o prazo de apresentação das candidaturas ao regime de apoio à restruturação da vinha, que tem 50 milhões de euros de dotação na campanha 2021-2022, até fevereiro, perante a evolução da pandemia.

Face ao previsível condicionamento de mobilidade, por força da evolução da pandemia de covid-19, o Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) prorrogou o prazo de apresentação das candidaturas ao Regime de Apoio à Reestruturação e Reconversão da Vinha (VITIS)”, indicou, em comunicado, o Ministério da Agricultura.

As candidaturas para a campanha de 2021-2022 podem assim ser submetidas até 01 de fevereiro, através do ‘site’ do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP).

“Com uma dotação de 50 milhões de euros, o VITIS para a campanha 2021-2022 continua a reforçar a forte dinâmica de investimento no setor, adotando regras e critérios de prioridade e indo ao encontro das necessidades dos viticultores, das quais se destacam, nesta campanha, a ponderação de vinhas destinadas a modo de produção biológico e de viticultores detentores do estatuto da agricultura familiar”, sublinhou o ministério tutelado por Maria do Céu Antunes.

A medida VITIS é suportado pelo Plano Nacional de Apoio do IVV.

Recomendadas

Matos Fernandes debate efeito do Plano de Recuperação e Resiliência nas florestas. Veja em direto

Esta sessão de “PPR em debate” visa apresentar objetivos, reformas e investimentos previstos e recolher contributos para o aprofundamento do Plano de Recuperação e Resiliência. Sessão conta com a presença de João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Ação Climática.

BPI assina protocolo com Agricultores do Ribatejo para financiar empresas agrícolas

O BPI e a Associação de Agricultores do Ribatejo assinaram um protocolo comercial, através do qual os associados (empresas e empresários agrícolas) vão beneficiar de condições comerciais especiais no financiamento bancário.

PS recomenda ao Governo que crie apoios para sistemas antigranizo

Os deputados socialistas lembram que “quase todos os anos se verificam fenómenos atmosféricos extremos”, que têm “gravosos impactos económicos e financeiros na atividade dos agricultores, colocando por vezes em causa a continuidade da atividade”.
Comentários