Carlos Sargedas premiado por documentário

Carlos Sargedas levou para casa o Hollywood International Independent Documentary Awards, com o documentário Cabo Espichel: Em Terras de Um Mundo Perdido.

Carlos Sargedas, fotógrafo sesimbrense, recebeu este fim-de-semana o prémio de melhor documentário estrangeiro para o filme “Cabo Espichel – por terras de um mundo perdido…”, no âmbito dos Hollywood International Independent Documentary Awards. 

O Carlos Sargedasdocumentário foi realizado em setembro de 2015. Para o efeito, o realizador recolheu imagens aéreas e, inclusivamente, aprendeu mergulho para poder colher imagens das riquezas marítimas daquelas paragens.

Neste filme são abordados temas como o património material e imaterial, a história, as gentes e tradições, num trabalho que “levou anos a aprimorar”, explica Carlos Sargedas em comunicado. O documentário leva agora Sesimbra e o Cabo Espichel às principais salas de cinema de todo o mundo.

O filme já foi apresentado na Bulgária  e  Zagreb na Croácia, esteve na Selecção Oficial dos festivais  de Miami;  Londres;  Roma e Baku no Azerbeijão

Outras distinções:

  • Melhor Realização na 7ª edição do SILAFEST na Sérvia.
  • Melhor Documentário no 49º Festival Internacional de Cine-Tourism de Karlovy Vary, na Republica Checa.
  • Palma de Prata no Festival Internacional de Cinema do México.
  • Melhor Documentário Estrangeiro no Near Nazareth Festival em Israel.

Fotógrafo, realizador e produtor, Carlos Sargedas foi  também diretor do Finisterra Arrábida Film Festival (em Sesimbra, Portugal) e presidente da Arrábida Film Commisison (Portugal).

OJE

Ler mais
Recomendadas

PremiumDescobrir Nadir em chaves: Mergulhar na pintura e no Tâmega

Desde que a EN2 foi eleita “itinerário a visitar” em 2019, o eixo que liga Chaves a Faro passou a estar no radar de muitos portugueses

Livro: Itinerário da Índia por terra a este reino de Portugal

Não foi só o veneziano Marco Polo que narrou as suas viagens pelo mundo. Também o português António Tenreiro nos deixou testemunho desta extraordinária viagem por via terrestre.

Três linhas de apoio social na Cultura estão abertas

Esta semana serão ainda divulgadas as condições de acesso aos 8,5 milhões de euros de reforço orçamental do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), retirados do saldo de gerência, também para responder às necessidades dos trabalhadores desta área.