Catarina Martins sublinha urgência na contratação de profissionais de saúde

A líder do Bloco de Esquerda defende o fim da precariedade e a defesa dos direitos dos profissionais de saúde e aponta que “as contratações previstas no Orçamento de 2020 não foram feitas”.

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, voltou a comentar a necessidade da contratação de profissionais de saúde para o Sistema Nacional de Saúde (SNS) através do Twitter esta terça-feira e classificou esta medida como sendo “urgente”.

“O caminho a tomar é claro, investir no SNS e nos profissionais de saúde, acabar com a precariedade e garantir direitos laborais a estes profissionais. As contratações previstas no Orçamento de 2020 não foram feitas e é urgente que se concretizem”, escreveu Catarina Martins.

Na segunda-feira, depois de se reunir com o primeiro-ministro, António Costa para discussão de medidas do Plano de Recuperação e Resiliência do Governo, Catarina Martins referiu que “contratar profissionais para o SNS é absolutamente urgente” e enalteceu “papel fundamental do SNS na vida das populações”.

“Foi reforçado do ponto de vista financeiro, foi reforçado também do ponto de vista da contratação de pessoal, mas com a pandemia de Covid-19, o Governo nunca avançou de facto com estas contratações”, garantiu a líder do Bloco de Esquerda.

Catarina Martins sublinhou que existem “menos médicos no SNS do que tínhamos há um ano e os profissionais que foram contratados para responder ao Covid-19 nomeadamente enfermeiros e assistentes operacionais, temos neste momento menos no SNS do que tínhamos na primeira fase da pandemia”, recordando também que aqueles que estão no exercício da atividade estão “exaustos porque entretanto não tiveram férias e fizeram milhões de horas extraordinárias”.

A 2 de setembro, o Governo anunciou que a contratação de mais 950 profissionais de saúde para o SNS, num documento publicado em Diário da República. “Autoriza o Ministério da Saúde a desenvolver o procedimento simplificado de seleção, tendo em vista a constituição de 950 relações jurídicas de emprego, das quais 39 para a área de saúde pública e 911 para a área hospitalar”, indicava o despacho. Até ao momento, o executivo de António Costa já avançou com a contratação de 4.300 profissionais de saúde.

 

Ler mais
Relacionadas
catarina_martins_oe_2020

Plano de recuperação: Bloco de Esquerda destaca necessidade de contratar profissionais para o SNS

“Estamos neste momento numa situação muito complicada”, assegurou a líder do Bloco de Esquerda, recordando que hoje temos “menos médicos no SNS do que tínhamos há um ano”.

Catarina Martins diz que Bloco é a oposição que “pode fazer a diferença” nos Açores

A coordenadora do Bloco de Esquerda , Catarina Martins, considerou que o partido é a “oposição consistente” nos Açores, com eleições regionais marcadas para 25 de outubro.

Regresso às aulas: Bloco de Esquerda que ouvir ministro da Educação no Parlamento

“O primeiro-ministro veio agora correr atrás do prejuízo”, disse Joana Mortágua que também explicou que agora “serão contratados mais 1.500 funcionários”, uma medida que segundo o Bloco de Esquerda deveria ter sido anunciada mais cedo.
Recomendadas

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser “muito difíceis”, já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas 24 horas.
joacine_katar_moreira_livre

OE2021 com viabilização garantida? Abstenção das deputadas não-inscritas resolve impasse

As duas abstenções das deputadas não-inscritas, Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues, dão ao Governo o resultado necessário para aprovar, matematicamente, o Orçamento do Estado na generalidade, com 108 a favor, 103 contra e 19 abstenções. OE2021 seguirá para debate na especialidade.

Venezuela testou com sucesso molécula que anula o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela explicou ainda que se trata da molécula DR10, que foi totalmente isolada e “não tem nenhum tipo de toxicidade que afete moléculas saudáveis” ou cause efeitos colaterais.
Comentários