CDS-PP diz que novo hospital é “neblina no horizonte” devido à República

Os centristas pedem que o governo central cumpra a promessa de financiamento do novo hospital da Madeira, um “projeto estruturante” para a Madeira.

O CDS-PP diz que a neblina no horizonte, relativamente ao Novo Hospital da Madeira, reside na “existência ou inexistência” de vontade por parte da República em cumprir a promessa de financiamento da unidade hospitalar “a tempo e horas”.

O deputado centrista, Mário Pereira, durante o debate do Programa de Governo, que decorre na Assembleia Legislativa da Madeira, disse que a unidade hospitalar um projeto estruturante para a Madeira.

“O novo hospital é um desígnio de todos os madeirenses”, afirmou o centrista.

O deputado do CDS-PP sublinhou que o serviço público de saúde deve ter acesso fácil e transparente, com segurança, qualidade, ser sustentável, e ter uma distribuição de meios justa.

“É preciso inovar de forma a lidar com os desafios que temos em termos de saúde”, considerou. “Existem desafios na saúde, que precisam de ser atendidos com muita atenção, em que se inclui os cuidados de saúde primários, as altas problemática, as listas de espera, a gestão da saúde, a sustentabilidade financeira, e o novo hospital”, acrescentou o centrista.

Recomendadas

Covid-19: Governo dos Açores diz que quadro legal “precisa de ser aperfeiçoado”

O presidente dos Açores reagia a uma decisão do Tribunal Constitucional (TC) que decidiu que as autoridades açorianas violaram a constituição ao impor a quem chegasse à região uma quarentena obrigatória de 14 dias por causa da pandemia de covid-19.

Albuquerque sobre decisão do Tribunal Constitucional sobre quarentena obrigatória nos Açores: “Ainda concebem as regiões autónomas como colónias”

O chefe do Executivo madeirense considera que esta decisão “não faz sentido nenhum”, e o que o Tribunal Constitucional deveria era pronunciar-se sobre a constitucionalidade de “festas em plena pandemia com 100 mil pessoas como a Festa do Avante”.

Madeira tem 9,2 enfermeiros por cada mil habitantes superando média nacional

Quanto a médicos a Madeira tem 4,4 médicos por mil habitantes, atrás da média nacional de 5,4 médicos por mil habitantes.
Comentários