CEO dos CTT nomeado para o ‘board’ do International Post Corporation

O International Post Corporation existe desde 1989 e agrega as 25 operadoras postais dos principais países da Europa, da América do Norte e da região Ásia-Pacífico, representando 80% do volume mundial de correio.

Presidente executivo dos CTT – Correios de Portugal, João Bento | Cristina Bernardo

O presidente executivo dos CTT – Correios de Portugal, João Bento, foi nomeado para integrar o conselho do International Post Corporation (IPC), anunciou a operadora postal esta sexta-feira, 29 de maio. A nomeação foi aprovada na quinta-feira durante a assembleia geral de acionistas do organismo que agrega 25 operadoras postais dos principais países da Europa, da América do Norte e da região Ásia-Pacífico.

João Bento vai integrar o board do IPC nos próximos três anos, em representação das operadoras postais de Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Chipre e Croácia. Em comunicado, os CTT afirmam que o gestor passará a integrar um quadro de doze CEO “das mais influentes operadoras postais mundiais, no centro da discussão e acompanhamento dos projetos liderados pelo IPC, que têm uma influência decisiva no futuro do setor postal mundial”.

O IPC existe desde 1989, trabalhando na definição de standards “para a melhoria da qualidade de serviço” postal e promovendo o desenvolvimento de tecnologia que ajude “os seus membros a permanentemente melhorar os seus serviços de correio internacional, encomendas e expresso”.

Os 25 operadores que integram o IPC representam, segundo a nota dos CTT, 80% do volume mundial de correio. Por isso, o objetivo do IPC é, “através de mais e melhor cooperação com e dos seus membros, ajuda-los a manter e até ganhar vantagem competitiva num mercado em permanente transformação e na distribuição do e-commerce transfronteiriço”.

Recomendadas

‘Caso EDP’: empresa confirma que já foi notificada pelo DCIAP para ser constituída arguida

Em comunicado, a energética portuguesa afirmou que “em linha com as notícias divulgadas na imprensa portuguesa no final do dia de ontem, a EDP foi hoje notificada pelo DCIAP de que deverá, nos próximos dias, designar um legal representante que compareça no DCIAP, a fim de ser constituída arguida”.

Nova companhia aérea de Neeleman deverá iniciar voos em 2021

A Breeze Airways, fundada por David Neeleman, cuja saída da TAP foi anunciada recentemente, deverá iniciar os voos em 2021, um lançamento que foi adiado pela pandemia de Covid-19, avançou hoje a Bloomberg.

Salários da CGD aumentaram em 2019 com início de pagamento de bónus

Os salários da administração da CGD cresceram para 3,6 milhões de euros no ano passado, um aumento de 22,5% justificado com o início de um programa de pagamento de remunerações variáveis, que já estava previsto, revelou o banco.
Comentários