Chega testa aproximação ao PSD e quer reunir com o CDS

“Disse o dr. Rui Rio que admitia conversar para futuras pontes. Domingo é o dia para concretizar esses passos. Poderemos estar juntos na praça do Município”, lê-se na missiva que Ventura enviou a Rio.

Mário Cruz/Lusa

O de André Ventura convidou o presidente do PSD, Rui Rio, a participar na “contramanifestação” de direita que convocou para domingo, na baixa lisboeta: “Disse o dr. Rui Rio que admitia conversar para futuras pontes. Domingo é o dia para concretizar esses passos. Poderemos estar juntos na praça do Município e subir juntos a rua do Ouro, sinal de uma nova e revigorada direita que não se vergará aos interesses do sistema”, lê-se na missiva enviada pelo presidente demissionário do Chega ao líder social-democrata, à qual a Agência Lusa teve acesso.

André Ventura conclui o texto antecipando que “o futuro entre o Chega e o PSD pode começar no próximo domingo”. A concentração do Chega está marcada para a Praça do Município, seguindo-se uma “marcha lenta pelas ruas da baixa de Lisboa”, com passagem pela praça da Figueira e “término com intervenções públicas”, novamente no largo fronteiro à Câmara Municipal de Lisboa, a fim de haver “maior interação com os cidadãos”.

Esta concentração foi convocada depois do anúncio de várias manifestações antirracistas em Lisboa, Porto, Braga e Beja, homenageando o ator português Bruno Candé, assassinado a tiro no sábado passado, em plena rua de Moscavide.

A carta foi enviada depois de Rui Rio ter afirmado publicamente que entendia poder vir a estabelecer conversações com o Chega de André Ventura, na circunstância em que este partido de extrema-direira deixasse a área radical. A postura de Rio mereceu as maiores críticas da parte de vários comentadores – que alegam que o PSD de Rui Rio não deve em nenhuma circunstância ‘branquear’ as posições do Chega de André Ventura, o que sucederá se os social-democratas ‘derem a mão’ à extrema-direita.

Entretanto, também esta sexta-feira, o Chega solicitou ao presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, um encontro na próxima semana para “discutir eleições presidenciais” [de janeiro de 2021], segundo fonte da direção.

Recomendadas

“Festa do Avante? Tem que haver cumprimento das regras vigentes”, garante Governo

“Decisão é da exclusiva responsabilidade da organização mas tem que haver cumprimento das regras vigentes sem qualquer exceção: por exemplo, espaços de alimentação e de atividades culturais têm que cumprir as mesmas regras dos outros espaços a nível nacional”, garantiu Mariana Vieira da Silva.

Banco de Fomento inicia atividade em outubro e arranca com capital social de 255 milhões

Pedro Siza Vieira falou na conferência em imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, tendo anunciado a aprovação do Banco de Fomento e cujo diploma entrará em vigor no prazo de 40 dias úteis.

“Lotação reduzida no Avante”? “É igual ao Estádio do Porto ou do Sporting completamente cheios”, critica Rui Rio

O presidente do PSD diz estar a aguardar “com expectativa” qual a redução da lotação máxima da festa do PCP, referindo que metade de 100 mil é o mesmo que um estádio do Sporting ou do FC Porto cheios.
Comentários