Chiado8 muda para Fidelidade Arte

O grupo Fidelidade anuncia um novo posicionamento para o seu espaço no Chiado dedicado exclusivamente à promoção da arte contemporânea.

Fidelidade chiado8 Arte Contemporânea tem uma nova designação: Fidelidade Arte.

Em comunicado, o grupo Fidelidade explica que o processo de mudança para Fidelidade Arte decorre no âmbito da estratégia de responsabilidade social da seguradora e permite reforçar o seu contributo para “a educação e literacia cultural” num local emblemático no centro da cidade de Lisboa, com acesso gratuito, da população em geral, a projetos artísticos nacionais e internacionais.

Inaugurado em janeiro de 2002, o espaço da Fidelidade dedicado à cultura, esteve até 2006 sob a responsabilidade do galerista Fernando Santos, com a exibição de obras de artistas portugueses, como Alberto Carneiro, Costa Pinheiro, Gerard Castello-Lopes ou Nikias Spakinakis, e estrangeiros, como Antoni Tàpies, Jan Voss ou A.R. Penck.

Segundo Ana Fontoura, diretora de Responsabilidade Social do grupo Fidelidade e coordenadora da Fidelidade Arte, desde a abertura visitaram o espaço cerca de 100 mil pessoas.

 

Recomendadas

Cinema e mostras de arte na Lusófona

Os melhores trabalhos dos estudantes de cinema e arte dos media podem ser vistos entre 22 e 25 de julho no campus da universidade e no cinema S. Jorge.
petronas towers kuala lumpur

Arquiteto César Pelli que projetou Torres Petronas em Kuala Lumpur morreu aos 92 anos

César Pelli foi o arquiteto responsável pela ampliação do Museu de Arte Moderna (MoMa) de Nova York, em 1984, construiu a Torre Iberdrola, em Bilbau, o International Financial Center, em Hong Kong, a Grande Torre Costanera, em Santiago do Chile, além de dezenas de teatros e centros culturais em todo o mundo.

“A Era dos Muros”: entender o que nos divide no passado e no presente

A sugestão de leitura desta semana da livraria Palavra de Viajante.
Comentários