Cinco Prémios BPI “la Caixa” vão atribuir 3,75 milhões destinados a projetos de instituições de solidariedade social

No total são cinco os Prémios BPI “la Caixa”, no valor de 3,75 milhões de euros, para apoiar projetos de instituições privadas sem fins lucrativos, a executar em território nacional.

Estão abertas as candidaturas à 10ª edição do Prémio BPI “la Caixa” Capacitar, uma iniciativa que tem a finalidade de apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente em situação de vulnerabilidade social.

Este ano os cinco Prémios BPI “la Caixa” vão atribuir um total de 3,75 milhões de euros destinados a projetos de instituições de solidariedade social privadas, a executar em território nacional.

Há 750 mil euros que são destinados a pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social.

Foi criado em 2010 o Prémio Capacitar e já atribuiu 5,375 milhões de euros, distribuídos por 168 projetos de Norte a Sul do País e Ilhas.

Os Prémios BPI “la Caixa” 2019 são uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação “la Caixa”.

Os prémios inserem-se na política de responsabilidade social do Banco e são financiados pela Fundação “la Caixa”. As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank.

Calendário dos Prémios BPI “la Caixa” 2019:

•   Infância – Crianças e adolescentes– Candidaturas encerradas a 04 de março

•  Solidário – Jovens e adultos – Candidaturas encerradas a 01 de abril

• Seniores – Pessoas com mais de 65 anos – Candidaturas encerradas a 29 de abril

•  Capacitar – Pessoas com deficiência – Candidaturas de 30 de abril a 27 de maio

•  Rural – Ações sociais de âmbito rural – Candidaturas de 28 de maio a 25 de junho

Ler mais
Recomendadas

UBS vai ser julgado na segunda-feira feira por fraude fiscal

O banco é suspeito de ter, entre 2004 e 2012, enviado ilegalmente vendedores França para convencer clientes a abrir contas não declaradas na Suíça.

Novo Banco confirma venda do portefólio de malparado ‘Projecto Wilkinson’

A entidade liderada por António Ramalho confirmou a venda da carteira por 216,3 milhões de euros em ativos ao fundo Davidson Kempner, que desta forma vão provocar um impacto “marginalmente positivo” nas contas.

CEO do Goldman Sachs anuncia investimento de 156 mil milhões de dólares na sustentabilidade

David Solomon, presidente e CEO da Goldman Sachs, anunciou o progresso anual rumo ao compromisso do banco norte-americano em termos de Sustainable Finance Commitment. O banco norte-americano quer que os EUA regressem ao Acordo de Paris.
Comentários