Cinco Prémios BPI “la Caixa” vão atribuir 3,75 milhões destinados a projetos de instituições de solidariedade social

No total são cinco os Prémios BPI “la Caixa”, no valor de 3,75 milhões de euros, para apoiar projetos de instituições privadas sem fins lucrativos, a executar em território nacional.

Estão abertas as candidaturas à 10ª edição do Prémio BPI “la Caixa” Capacitar, uma iniciativa que tem a finalidade de apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente em situação de vulnerabilidade social.

Este ano os cinco Prémios BPI “la Caixa” vão atribuir um total de 3,75 milhões de euros destinados a projetos de instituições de solidariedade social privadas, a executar em território nacional.

Há 750 mil euros que são destinados a pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social.

Foi criado em 2010 o Prémio Capacitar e já atribuiu 5,375 milhões de euros, distribuídos por 168 projetos de Norte a Sul do País e Ilhas.

Os Prémios BPI “la Caixa” 2019 são uma iniciativa conjunta do BPI e da Fundação “la Caixa”.

Os prémios inserem-se na política de responsabilidade social do Banco e são financiados pela Fundação “la Caixa”. As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank.

Calendário dos Prémios BPI “la Caixa” 2019:

•   Infância – Crianças e adolescentes– Candidaturas encerradas a 04 de março

•  Solidário – Jovens e adultos – Candidaturas encerradas a 01 de abril

• Seniores – Pessoas com mais de 65 anos – Candidaturas encerradas a 29 de abril

•  Capacitar – Pessoas com deficiência – Candidaturas de 30 de abril a 27 de maio

•  Rural – Ações sociais de âmbito rural – Candidaturas de 28 de maio a 25 de junho

Ler mais
Recomendadas

Lucros da banca sobem 133% em 29 anos, já o crédito a clientes subiu 862%

Desde 1990, verificou-se um aumento de concentração do sistema bancário português. Ao longo do período para o qual existe informação comparável, Portugal apresenta um nível de concentração superior ao da área do euro, o que poderá ser explicado pelo facto dos países mais pequenos tenderem a ter níveis de concentração mais elevados, explica o BdP.

Mais de duas mil caixas multibanco desapareceram em 10 anos

Em sentido contrário à queda das caixas multibanco, tem aumentado o número de terminais de pagamento automático, que eram 322.336 em 2018, mais 40 mil do que em 2010.

CGD abre DaBox a todas a contas bancárias fora da Caixa

A DaBox foi lançada há um mês e meio, e é anunciada como a app pioneira no open banking em Portugal, contando com mais de 20 mil downloads.
Comentários