Civil Engineering Summit. “A engenharia é a chave para o desenvolvimento de África”, defende Martin Manuhhwa

Martin Manuhwa defendeu na Cimeira de Engenharia Civil, evento no qual o Jornal Económico é media partner e patrocinador, uma maior partilha de conhecimento e tecnologia e um aumento das parcerias com organizações internacionais como formas para atingir o desiderato de desenvolver o continente até 2063.

Cristina Bernardo

Falta quase tudo na África sub-sahariana, mas o caminho está traçado: “A engenharia é a chave para o desenvolvimento”. Falando em nome da Federação das Organizações de Engenharia Africanas, Martin Manuhwa, do Zimbabué, revelou, esta manhã, na Cimeira da Engenharia Civil 2019, promovido pela Ordem dos Engenheiros, e que conta com Jornal Económico como media partner e patrocinador oficial, que são necessários 50 mil engenheiros por ano para atingir os objetivos traçados na Iniciativa de Desenvolvimento de Competências em Engenharia.

Além de recursos qualificados, também há falta de formação graduada e de laboratórios. E no continente, a mobilidade é inexistente.

“Temos que melhorar a qualidade da educação em África e melhorar os padrões de qualidade a nível da regulamentação”, sublinhou.

Martin Manuhwa defendeu uma maior partilha de conhecimento e tecnologia e um aumento das parcerias com organizações internacionais como formas para atingir o desiderato de desenvolver o continente até 2063.

O Lisbon Civil Engineering Summit, cuja cerimónia de inauguração se realizou esta terça-feita, na sede da Ordem dos Engenheiros, decorre nas instalações do Laboratório Nacional de Engenharia Civil até sábado, 28 de setembro, com a participação de oradores de 35 países do mundo inteiro.

O programa, abrangente, extravasa o âmbito da engenharia civil, abrangendo temáticas como os recursos hídricos, a segurança na construção e as alterações climáticas.

O engenheiro angolano Paulino Neto defendeu na cimeira que a formação da engenharia deve passar pelo empreendedorismo.

O Jornal Económico é media partner e patrocinador oficial Cimeira de Engenharia Civil.

 

 

Ler mais

Relacionadas

Engenheiros de todo o mundo em Lisboa. Arranca hoje a Civil Engineering Summit 2019

Com o LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa, como palco, o Civil Engineering Summit 2019 arranca hoje e decorrerá até 28 de setembro.
Recomendadas

Maior apreensão de droga em Cabo Verde vai a julgamento a 27 de janeiro

O caso remonta a janeiro do ano passado, quando 11 cidadãos de nacionalidade russa foram detidos a bordo de um navio no Porto da Praia com 9.570 quilogramas de cocaína em “elevado grau de pureza”, incinerada pelas autoridades dias depois.

Funeral do estudante cabo-verdiano que morreu em Bragança realiza-se hoje

A Polícia Judiciária está a investigar a morte de Luís Giovani, que estudava no Instituto Politécnico de Bragança, cujos contornos ainda não são claros.

Presidente de Cabo Verde considera Moçambique referência democrática na CPLP

O Presidente cabo-verdiano defendeu que seria desejável que os resultados das eleições gerais fossem aceites por todas as forças políticas.
Comentários