Clarke Modet assessora propriedade industrial de startup da Trofa eleita a melhor do mundo

A Magnevane, distinguida internacionalmente pela Unicorn Battle Cup Finals, encarregou o grupo ibérico dos registos da avaliação económica de patentes e da marca.

O grupo internacional Clarke Modet é o assessor jurídico da empresa Magnevane – a startup na Trofa que foi selecionada pela Unicorn Battle Cup Finals como a melhor do mundo – em todos os serviços de propriedade industrial e intelectual (PI).

A empresa centenária, que resultou da fusão da Clarke y Cía de Alberto Clarke com a Agencia General de Patentes y Marcas de José Gómez-Acebo, fez o registo da avaliação económica de patentes e do registo da marca Magnevane a nível mundial, entre outras operações de proteção da inovação.

A Magnevane, associada da Associação Empresarial de Portugal (AEP) e liderada em Portugal por António Brandão, desenvolveu uma tecnologia (patenteada) que permite melhorar a eficiência dos motores pneumáticos em mais de 40%, diferenciando-se na selagem graças à aplicação de ímanes especiais no rotor. A tecnologia portuguesa tem potencial de aplicação em mais de 180 produtos, sendo disruptiva em termos de sustentabilidade ambiental e financeira do sector da indústria pneumática.

A startup alega que utiliza menos eletricidade para a mesma quantidade de ar comprimido e menos ar comprimido para a mesma saída do motor. Ou seja, como se estima que 15% da eletricidade global seja utilizada para comprimir o ar, a tecnologia da Magnevane compromete-se a reduzir em pelo menos 30%, fazendo com que cerca de 15% da eletricidade seja gerada a partir do carvão.

O investidor e CEO global da Magnevane, Jivá Remtula, garante que o grupo de PI compreende “os diferentes estágios de desenvolvimento das empresas”, sabe “como se ajustar a eles, sem comprometer a defesa da propriedade intelectual e marcas”, o que se torna “fundamental para quem queira desenvolver tecnologia disruptiva e de grande impacto global, quer seja uma empresa no seu início ou uma empresa já consolidada”.

“Além de toda a parte industrial das patentes de invenções, registos de desenho industrial e da marca, a parte intelectual obriga-nos a proteger toda a envolvência da marca, do seu branding, desenho industrial, da informação tecnológica de patentes até à topografia do seu circuito, entre outros”, disse a diretora geral da Clarke Modet em Portugal, Ana Maria Morato.

A Magnevane tem sede na Trofa (Porto) e escritório em Joanesburgo, na África do Sul.

Recomendadas

Cuatrecasas assessora sul-coreanos da CS Wind na compra de 60% de ASM Industries

A empresa de torres eólicas pretende reforçar a sua presença no mercado europeu. O negócio, avaliado em 46,5 milhões de euros, deverá ficar fecho no próximo mês de setembro.

Linklaters reforça ‘Dispute Resolution’

A sociedade contratou os advogados Paulo Abreu dos Santos e Belarmino Costa da Silva para o escritório de Lisboa.

Bankinter financia em 10 milhões projeto WhiteShell da Vanguard Properties (com áudio)

Para além do Bankinter ser o financiador do projecto, a Vanguard Properties contou com a assessoria legal da Vieira de Almeida e Associados.
Comentários