Clientes em Portugal do banco digital Bunq podem usar o Apple Pay a partir de hoje

O Bunq foi fundado por Ali Niknam que já injetou mais de 44 milhões do próprio bolso para financiar o banco digital holandês.

Bunq
Bunq

Presente no mercado nacional desde dezembro de 2019, o banco digital holandês Bunq lança hoje em Portugal o serviço Apple Pay, depois de Espanha, Itália, Bélgica, Irlanda e Alemanha.

“Os utilizadores portugueses podem ativar os cartões Maestro e Mastercard no Apple Pay, para desfrutarem do melhor dos dois mundos. Isto dá-lhes a liberdade de pagar com o seu iPhone ou Apple Watch, quando quiserem, onde quer que vão”, disse Ali Niknam, fundador e CEO do Bunq.

Ali Niknam fundou o Bunq sem recurso a investidores. Com apenas 16 anos, Niknam, de descendência iraniana e nascido no Canadá, fundou aos 16 anos a TransIP, que se tornou no terceiro maior domain e web hosting provider mundial e que recentemente se tornou num unicórnio.

Foi assim que Ali Niknam conseguiu canalizar 44,9 milhões de euros do seu próprio bolso para fundar o neobanco Bunq, que obteve a licença bancária europeia em 2012 e está presente em 30 mercados europeus desde 2018.

Com o Apple Pay, o Bunq põe à disposição mais um produto aos clientes em Portugal – o  banco totalmente digital não revela quantos clientes tem. Em 2018, o Bunq já tinha uma parceria com o Google Pay para os utilizadores Android.

O Apple Pay, nas lojas da Apple, funciona com diversos modelos de iPhone, como o SE, 6 ou posteriores e também com o Apple Watch. E, na App Store ou no Safari, o Apple Pay é compatível com o iPhone 6 ou superior, iPhone SE, iPad Pro, iPad (5ª Geração e superior), iPad Air 2 e iPad mini 3 e superior e também com qualquer Mac lançado durante ou depois de 2012,

O Bunq fechou 2018 com mais de 211 milhões de euros em depósitos e as receitas com as comissões ascenderam a 3,1 milhões de euros.

Ler mais
Recomendadas

Novo Banco vende “Rei dos Cogumelos” em plena crise

O Novo Banco, maior credor do grupo Sousacamp, com 49% dos créditos, acordou a venda do maior produtor ibérico de cogumelos ao Core Capital.

Banca terá de assumir as moratórias de crédito pessoal

O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que prevê a suspensão do pagamento dos créditos dos particulares e das empresas por seis meses.

Caixa Geral de Depósitos com 100% do ‘call center’ em teletrabalho

O banco explica que, em média, este centro de contacto, recebe cerca de 6 mil interações, mas “face às medidas implementadas, no âmbito da declaração do Estado de Emergência, este número subiu para mais de 11 mil interações” por dia.
Comentários