Combustíveis descem pela primeira vez desde março

É a primeira descida do gasóleo e da gasolina desde 19 e 12 de março, respectivamente. Contas feitas, e desde essa altura, o preço do litro da gasolina encareceu 14 cêntimos, enquanto o gasóleo subiu 12 cêntimos nos postos de abastecimento nacionais.

Os preços do gasóleo e da gasolina vão descer na próxima semana, reflectindo as cotações médias da gasolina e do gasóleo nos mercados internacionais. Segundo fonte do sector contactada pelo Económico, “a evolução das cotações em euros aponta para a uma descida de até 1,5 cêntimos por litro na gasolina e até um cêntimo na gasóleo”.

As descidas vão sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, onde “as descidas rondam os 0,0068 cêntimos por litro, no caso do gasóleo, e 0,0117 euros por litro no que diz respeito à gasolina”, avançou uma outra fonte.

De salientar que esta é a primeira descida do gasóleo e da gasolina desde 19 e 12 de março, respectivamente. Contas feitas, e desde essa altura, o preço do litro da gasolina encareceu 14 cêntimos, enquanto o gasóleo subiu 12 cêntimos nos postos de abastecimento nacionais.

Segundo dados da Comissão Europeia, na semana de 28 de maio, o litro do gasóleo, depois de impostos, custava 1,383 euros em Portugal – o 10.º mais caro entre os 28 países da União Europeia.

Já o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o quinto mais caro em toda a UE, custando em média 1,601 euros por litro, 13 cêntimos acima da média europeia e mais 27 cêntimos do que o valor praticado em Espanha. Isto quer dizer que se o condutor atestar um depósito de 60 litros no país vizinho uma vez por semana, ou quatro vezes por mês, vai poupar mais de 750 euros por ano.

E sem impostos?
Antes de impostos, o cenário altera-se. O preço da gasolina sobe dois lugares (para terceiro), enquanto o do gasóleo mantém-se na 10ª posição do ‘ranking’ europeu.

Os dados de Bruxelas mostram que, por exemplo, sem impostos, portugueses e espanhóis pagam o mesmo pelos combustíveis. A gasolina vale 0,64 cêntimos por litro e o gasóleo custa 0,65 cêntimos em ambos os países.

Os mais Económicos
Gasolina(s):

– Intermarché Condeixa-a-Nova – 1.479€

– Intermarché de Pombal – 1.479€

– Intermarché da Marinha da Guia – 1.479€

– RE – GUIA de (Pombal) – 1.479€

– AB de Torres Novas – 1.484€

Gasóleo(s):
– Intermarché de Condeixa-a-Nova – 1.259€

– Intermarché de Pombal – 1.259€

– Intermarché de Marinha da Guia – 1.259€

– RE – GUIA (Pombal) – 1.259€

– Intermarché de Vilar Formoso – 1.259€

Ler mais
Recomendadas

Orçamento de Natal: Não perca as contas às compras

São muitos os consumidores que na azáfama das compras acabam por perder a perceção ao que efetivamente podem gastar, só percebendo mais tarde, do verdadeiro impacto destes gastos no orçamento familiar.

Devo utilizar crédito para fazer compras de natal?

É fácil comprar usando o cartão de crédito ou contratando um crédito. No caso do empréstimo pessoal, este crédito é chamado de fácil aprovação, mas não é barato. As letras miudinhas, pouco claras, desincentivam a leitura dos contratos e dificultam (muito!) a explicação dos encargos elevados que terá de pagar. As palavras “custos” e “juros” estão sempre presentes, pelo que o consumidor deve pensar duas vezes antes de usar o cartão ou o crédito pessoal para fazer as compras de Natal.

Salários até aos 686 euros ficam isentos de IRS em 2021

Retenção de IRS começa para quem ganha mais de 686 euros. Alívio no imposto do próximo ano que reflete a redução as taxas de retenção na fonte do IRS no início de 2021. Medida abrange dois milhões de contribuintes e contempla uma redução média (e progressiva) de 2% nas retenções. Trabalhadores dependentes já podem calcular quanto irão descontar todos os meses.
Comentários