Combustíveis desceram esta madrugada. Saiba onde estão os postos mais baratos

Preço da gasolina e do gasóleo desceu esta segunda-feira para mínimos de Outubro de 2017.

Os preços dos combustíveis desceram esta segunda-feira nos postos de abastecimento em Portugal. De acordo com fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico, o preço da gasolina 95 registou uma descida mais acentuada, de 3 cêntimos por litro, enquanto o gasóleo diminuiu 2,5 cêntimos por litro.

As descidas registaram-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, apurou o Jornal Económico.

É a maior queda dos combustíveis desde o início do ano, segundo os dados disponibilizados pela Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG). Sendo que o preço final vai recuar para valores praticados em Outubro do ano passado.

Os mesmos dados mostram que o preço médio do litro de gasolina em Portugal está actualmente nos 1,535 euros, enquanto o gasóleo vale 1,330 euros. As cotações podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

De acordo com o último relatório de Bruxelas, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o quinto mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a oitava posição entre os 28 países do espaço comunitário. O documento mostra ainda que a fiscalidade é o factor que mais pesa nos preços dos combustíveis em Portugal.

Os mais Económicos
Gasolina(s):
– Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.379€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.379€

– Mira D’Aire – 1.384€

– Intermarché DE Ponte Sôr – 1.389€

– Pingo Doce de Ponte Sôr – 1.389€

Gasóleo(s):
– Intermarché de Vila Real de Santo Antonio – 1.159€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.159€

– Intermarché de Ponte Sôr – 1.169€

– Pingo Doce de Ponte Sôr – 1.169€

– J. Lourenço de Castelo Branco – 1.173

Fonte: DGEG

Ler mais

Recomendadas

Angola e Zâmbia assinam memorando para a construção de pipeline multiprodutos

Segunda-feira, 19 de abril, será assinado em Luanda o memorando de entendimento sobre uma das mais importantes infraestruturas que vão ser construídas em Angola, a partir do porto de Lobito, na província de Benguela, para fazer chegar até à Zâmbia, um pipeline multiuso para transporte de produtos energéticos e combustíveis.

Fundos podem ser “empurrão” europeu para o futuro das cidades

Sempre com a sustentabilidade na mira, a Comissão Europeia pretende promover, como parte da recuperação pós-pandemia, alterações para melhorar a qualidade e condições de vida das populações urbanas.

Patrões defendem que Estado deve recorrer ao BEI para reestruturar dívida das empresas

Em entrevista à “Antena 1/Jornal de Negócios”, António Saraiva revelou que a CIP vai apresentar um pacote de medidas ao Governo nos próximos 15 dias para apoiar as empresas depois do fim das moratórias em setembro.
Comentários