Combustíveis mais baratos na próxima semana

A cotação do barril de Brent está a valorizar 1,37%, com valor de 62,78 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,07%, para 55,89 dólares por barril.

Na próxima semana a gasolina vai descer 1,0 cêntimos por litro, ficando nos 1,498 euros, depois de três semanas consecutivas a subir, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais, de acordo com fontes do setor contactadas esta sexta-feira pelo Jornal Económico.

Já em relação ao gasóleo verifica-se também uma descida de 0,5 cêntimos por litro, ficando o litro deste combustível a 1,347 euros.

Na última semana a gasolina tinha subido 2,0 cêntimos por litro, enquanto o gasóleo tinha registado uma subida de 1,5 cêntimos por litro.

A cotação do barril de Brent está a valorizar 1,37%, com valor de 62,78 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,07%, para 55,89 dólares por barril.

Saiba onde estão os postos com os combustíveis mais baratos:

Gasolina

Combustíveis CR (1,269 euros)
Intermarché Vilar Formoso (1,399 euros)
Mário Jorge Peixôto Beleza, Herds, Lda (1,409 euros)
Intermarché Belmonte (1,409 euros)
Intermarché Valença (1,424 euros)

Gasóleo

Intermarché Vilar Formoso (1,209 euros)
Intermarché Vila Real de Santo António (1,229 euros)
Intermarché Belmonte (1,229 euros)
REDE ENERGIA – Monte Gordo (1,229 euros)
Jumbo Figueira da Foz (1,239 euros)

Ler mais
Recomendadas

Facebook vai permitir limpar histórico (mas informações pessoais continuam nos servidores)

Qualquer pessoa que utilize o Facebook saberá, através da nova funcionalidade, quais as empresas que partilham a sua informação, e também quais os dados que a rede social utiliza para “aprender” mais sobre a pessoa

Desempregados inscritos no centro de emprego baixam para 297 mil em julho

Esta redução de desemprego em julho traduziu-se em menos 33.297 indivíduos inscritos do que em julho de 2018 e menos 901 desempregados inscritos do que em junho deste ano.

Wall Street Journal: Comporta a caminho de se tornar na nova Ibiza

Depois do Financial Times ter descrito a Comporta como as Hamptons de Portugal, o jornal norte-americano considera que esta zona pode se tornar na nova Ibiza.
Comentários