Combustíveis mais baratos na próxima semana

A cotação do barril de Brent está a valorizar 1,37%, com valor de 62,78 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,07%, para 55,89 dólares por barril.

Na próxima semana a gasolina vai descer 1,0 cêntimos por litro, ficando nos 1,498 euros, depois de três semanas consecutivas a subir, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais, de acordo com fontes do setor contactadas esta sexta-feira pelo Jornal Económico.

Já em relação ao gasóleo verifica-se também uma descida de 0,5 cêntimos por litro, ficando o litro deste combustível a 1,347 euros.

Na última semana a gasolina tinha subido 2,0 cêntimos por litro, enquanto o gasóleo tinha registado uma subida de 1,5 cêntimos por litro.

A cotação do barril de Brent está a valorizar 1,37%, com valor de 62,78 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,07%, para 55,89 dólares por barril.

Saiba onde estão os postos com os combustíveis mais baratos:

Gasolina

Combustíveis CR (1,269 euros)
Intermarché Vilar Formoso (1,399 euros)
Mário Jorge Peixôto Beleza, Herds, Lda (1,409 euros)
Intermarché Belmonte (1,409 euros)
Intermarché Valença (1,424 euros)

Gasóleo

Intermarché Vilar Formoso (1,209 euros)
Intermarché Vila Real de Santo António (1,229 euros)
Intermarché Belmonte (1,229 euros)
REDE ENERGIA – Monte Gordo (1,229 euros)
Jumbo Figueira da Foz (1,239 euros)

Ler mais
Recomendadas

Saiba como funciona o Direito Real de Habitação Duradoura

Ressalva-se que o proprietário pode livremente transmitir, de forma onerosa ou gratuita, a propriedade do imóvel objeto de um contrato de DHD, não podendo contudo hipotecar o imóvel ou constituir outras garantias sobre o mesmo.

Quanto vai custar um carrinho de compras em 2020 em Portugal? Cerca de 15% do salário mínimo

Analisando os alimentos básicos para perceber os custos, a Picodi criou um carrinho de compras com pão, leito, ovos, arroz, queijo, carne, frutas e legumes. No seu total, o valor das compras alimentares era de 87,82 euros.

15 Medidas do Orçamento do Estado 2020 que afetam as suas finanças

Ainda não foi aprovado o Orçamento do Estado 2020, mas já se conhecem algumas das medidas em discussão para serem implementadas este ano, nomeadamente no que diz respeito aos impostos e outros benefícios fiscais e contribuições.
Comentários