Combustíveis mais caros na próxima semana. Gasóleo sobe em força

Aumentos acontecem tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, apurou o Jornal Económico.

O preço dos combustíveis volta a encarecer na próxima semana. “A evolução das cotações em euros aponta para um aumento dos preços de até três cêntimos por litro no gasóleo e de 1,5 cêntimos por litro na gasolina”, adiantou fonte do setor ao Jornal Económico.

Os aumentos vão sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados, onde “as subidas rondam os 0,0294 euros por litro, no caso do gasóleo, e 0,0140 euros por litro no que diz respeito à gasolina”, avançou uma outra fonte.

Esta é a segunda semana consecutiva de aumentos. Recorde-se que os preços dos combustíveis desceram ininterruptamente durante doze semanas. Uma desvalorização que foi interrompida esta segunda-feira com uma subida de 1,5 cêntimos no gasóleo e de dois cêntimos na gasolina.

O preço médio do litro de gasolina 95 em Portugal está actualmente nos 1,448 euros. Já o gasóleo vale 1,342 euros, segundo a Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG). Estes valores podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

De acordo com o último relatório de Bruxelas, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o oitavo mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 9ª posição entre os 28 países do espaço comunitário. O relatório da Comissão Europeia também deixa claro que a grande fatia do preço cobrado por cada litro de combustível vai para os cofres do Estado.

Os mais Económicos
Gasolina(s):
– Intermarché de Jovim – 1.278€

– Intermarché de Valongo – 1.278€

– Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.279€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.279€

– Pingo Doce de Castelo Branco-Cruz de Montalvão – 1.279€

Gasóleo(s):
– Intermarché de Jovim – 1.154€

– Intermarché de Valongo- 1.154€

– Intermarché de Amares – 1.159€

– Intermarché de Vilar Formoso – 1.159€

– Intermarché de Ovar- 1.166€

Ler mais
Recomendadas

PremiumPatrick Monteiro de Barros: “Berardo foi financiado pela estratégia de domínio do BCP de Sócrates”

Empresário e ex-acionista do Grupo Espírito Santo diz que “Joe Berardo foi financiado para adquirir ações do BCP e fazer parte de um núcleo que iria dominar o banco na linha imposta pelo primeiro-ministro de então”.

Filha de Dias Loureiro suspeita de branqueamento de quatro milhões de euros

Catarina Dias Loureiro, filha do antigo ministro Manuel Dias Loureiro, é suspeita de ajudar o sogro a branquear quatro milhões de euros.

Banco de Portugal já entregou lista dos grandes devedores no Parlamento

Relatório do banco central abrange informação os bancos que receberam ajuda pública nos últimos 12 anos: Caixa Geral de Depósitos, BES/Novo Banco, Banif, BPN, BCP e BPI. Só depois de análise do documento, Presidente da Assembleia da República decidirá se relatório deve ser divulgado publicamente.
Comentários