Combustíveis: Preços não mexem na próxima semana

Os preços de referência da gasolina e do gasóleo vão ficar inalterados na próxima semana. Subida do petróleo põe travão a dois meses seguidos de descidas.

Depois de terem descido durante dois meses consecutivos, os preços dos combustíveis vão ficar inalterados na próxima semana. “A evolução das cotações em euros aponta para uma manutenção do preço da gasolina e do gasóleo”, adiantou fonte do setor ao Jornal Económico.

A contribuir para a manutenção dos preços esteve a subida do petróleo, no início desta semana, Chegou a valorizar 3% e a cotar nos 61,3 euros, devido às expectativas em torno da reunião da OPEP, e depois de grande parte dos produtores se terem mostrado favoráveis a uma redução da oferta da matéria prima. No entanto, e como não saiu um acordo final sobre a dimensão do corte na produção a implementar pelos membros do cartel, o preço do ‘ouro-negro’ voltou a descer, para negociar abaixo dos 58 dólares por barril.

Desde 08 de outubro, altura em que os preços da gasolina e do gasóleo começaram um ciclo de quedas, a gasolina 95 desceu em média 15 cêntimos, enquanto o gasóleo desvalorizou, em média, 9 cêntimos por litro nos postos de abastecimento nacionais, segundo dados da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Os mesmos dados mostram que o preço médio do litro de gasolina 95 em Portugal está actualmente nos 1,488 euros, o valor mais baixo desde Outubro de 2017. Já o gasóleo vale 1,374 euros, o que quer dizer que está a cotar em mínimos de sete meses.

Estes valores podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

De acordo com o último relatório de Bruxelas, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o oitavo mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 13ª posição entre os 28 países do espaço comunitário.

Os mais Económicos

Gasolina(s):
– Intermarché da Azambuja – 1.329€

– Prio de Ourém – 1.339€

– Intermarché de Ourém – 1.339€

– Intermarché de Vila Real de Santo António – 1.339€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.339€

Gasóleo(s):
– Intermarché de Vila Real de Santo António1.209€

– Rede Energia de Monte Gordo – 1.209€

– Intermarché de Ourém1.219€

– Pingo Doce de Castelo Branco – Cruz de Montalvão – 1.224€

– Pingo Doce do Fundão – 1.224€

Fonte: DGEG

Ler mais
Recomendadas

“Vamos assistir à terceirização do e-commerce”, afirma presidente da ACEPI

O presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, considera que o ramo alimentar, “que até agora tem estado um bocadinho afastado do digital”, vai assistir a uma evolução no comércio ‘online’.

União Europeia facilita compras digitais mas Portugal falha prazo

“A Comissão está a acompanhar de perto a situação e em breve decidiremos as próximas medidas para garantir que todos os Estados-membros cumprem as suas obrigações”, diz Nathalie Vandystadt, porta-voz de Bruxelas.

Governo de Angola espera recessão de 1,7% em 2018

Ministro da Economia e Planeamento angolano referiu que depois de contrações de 2,6% e 0,1% em 2016 e 2017, respetivamente, a economia angolana deve ter aprofundado a queda no ano passado.
Comentários