Comemorações Dia de Portugal em 2020 na Madeira e provavelmente África do Sul

O Presidente da República afirmou este domingo, 9 de junho, que há “um compromisso” assumido de que as comemorações do Dia de Portugal, em 2020, terão lugar na Região Autónoma da Madeira, havendo a possibilidade de estendê-las à África do Sul.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas após ter visitado uma exposição das Forças Armadas, no Mercado Municipal de Portalegre, cidade em que este ano se realizam as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

“Para o ano, as comemorações serão na Madeira – é um compromisso já assumido. Só não foi este ano por causa das eleições para a Assembleia Legislativa Regional da Madeira [em setembro próximo]”, justificou o chefe de Estado.

De acordo com o Presidente da República, em 2020, as comemorações do Dia de Portugal vão começar na Região Autónoma da Madeira “e depois, provavelmente, numa comunidade madeirense grande”.

Sobre esta questão relativa ao ponto das comemorações no exterior, Marcelo Rebelo de Sousa afastou a hipótese da Venezuela.

“Eu diria, provavelmente, as comunidades sul-africanas, que há muito tempo esperam por essa oportunidade. Mas isso se definirá a seu tempo”, ressalvou o chefe de Estado.

Recomendadas
medina_candidatura_1

Sondagem. Medina com nove pontos de vantagem sobre Moedas

Sondagem feita para a “RTP/Público”, aponta que Medina poderá reeleger entre sete a oito vereadores, a um lugar da maioria absoluta. Já Carlos Moedas poderá eleger entre cinco a seis vereadores.

Conselho de Ministros prepara-se para devolver ‘antigo normal’ aos portugueses esta quinta-feira (com áudio)

A próxima e última fase de desconfinamento prevê que restaurantes, cafés e pastelarias deixem de ter limite máximo de pessoas por grupo, quer no interior quer em esplanadas; estabelecimentos e equipamentos deixam também de ter limites de lotação, tal como os espetáculos culturais e eventos como casamentos e batizados. Mas regras só deverão entrar em vigor a 1 de outubro.

“Reabertura das discotecas pode contribuir para fim dos ajuntamentos”, diz presidente da junta do Bairro Alto e Cais do Sodré (com áudio)

“Desde o último desconfinamento que aumentaram bastante os ajuntamentos na freguesia, nomeadamente, na zona do Bairro Alto e na Zona do Cais Sodré. Estes ajuntamentos são muito superiores aos que se verificaram antes do Covid”, conta a autarca Carla Madeira.
Comentários