Comissão Europeia equivale certificado digital de sete países ao da União Europeia

Os certificados emitidos pela Albânia, Andorra, Ilhas Faroé, Israel, Mónaco, Marrocos e Panamá são agora aceites nos países da União Europeia.

A Comissão Europeia aprovou a adoção dos certificados digitais de sete países, notando que são agora equivalentes ao certificado digital Covid-19 da União Europeia.

Assim, os certificados emitidos pela Albânia, Andorra, Ilhas Faroé, Israel, Mónaco, Marrocos e Panamá são agora aceites nos países da União Europeia.

“Consequentemente, os sete países e territórios estarão ligados ao sistema da UE e os certificados Covid que emitem serão aceites na UE nas mesmas condições que os certificados digitais Covid da UE. Ao mesmo tempo, os países e territórios acordaram em aceitar o certificado digital Covid da UE para viajar da UE para os seus países”, nota a Comissão Europeia em comunicado.

Em Portugal já foram emitidos 7,5 milhões de certificados digitais.

O certificado digital Covid-19 é um documento que prova que um cidadão da UE, ou de determinado país, já foi vacinado, recebeu um resultado negativo de um teste ou recuperou do vírus.

Para solicitar o certificado digital é apenas necessário o número de utente do Serviço Nacional de Saúde e pedir o certificado de forma gratuita na aplicação SNS24 ou no site do Serviço Nacional de Saúde.

O certificado é emitido em formato digital, mas o titular do mesmo tem a possibilidade de imprimir o documento e apresentá-lo em papel.

Recomendadas

PCP diz que resultados da CDU são consequência de campanha anticomunista

O dirigente comunista João Oliveira considerou, esta segunda-feira, que os resultados eleitorais da CDU nas autárquicas são consequência de uma “prolongada e intensa campanha anticomunista” e da concentração da discussão em assuntos nacionais, em vez de locais.

Qual o balanço dos partidos sobre os resultados eleitorais?

Na generalidade, os líderes dos partidos com representação no Parlamento consideraram que alcançaram os objetivos a que se propuseram, embora também alguns representantes partidários tenham assumido que os resultados ficaram “aquém dos esperado”.

Madeira tem mais 14 casos positivos e dez recuperados de Covid-19

Dos novos casos positivos há um caso importado e com proveniência do Reino Unido, e 13 foram de transmissão local.
Comentários