Como rentabilizar o consumo de combustível? Seis dicas para evitar filas nas ‘bombas’

Existem técnicas que podem ser aplicadas para poupar combustível. Este tipo de condução, além de gastar menos energia, também evita o desgaste do carro, abrangendo a durabilidade das peças e dos componentes dos veículos.

Com a greve dos motoristas de matérias perigosas, a empresa Standvirtual oferece aos condutores algumas dicas para que seja efetuada uma condução económica durante o período de crise energética em que Portugal se encontra.

Ainda que existam carros mais económicos que outros, há técnicas que podem ser aplicadas para poupar combustível. Este tipo de condução, além de gastar menos energia, também evita o desgaste do carro, abrangendo a durabilidade das peças e dos componentes dos veículos.

  • A primeira dica passa por “aproveitar a inércia dos veículos”, mas sempre com as mudanças engatadas para conduzir sem precisar de acelerar. Ainda assim, também se deve evitar acelerar e travar de forma brusca;
  • “Evitar grandes velocidades”: além de poupar nas multas, também poupa combustível. De acordo com o Standvirtual, “a diferença pode acontecer se for a 10/20 quilómetros por hora mais devagar, sem comprometer o bom funcionamento do trânsito”;
  • Verificar a pressão dos pneus uma vez por mês pode fazer com que o combustível dure mais tempo no depósito. “A pressão baixa pode aumentar os consumos”, o que significa menos dinheiro ao fim do mês;
  • Retirar toda a carga desnecessária do veículo também aumenta o consumo de combustíveis. Segundo a empresa, existem estudos que confirmaram que por cada 100 quilos adicionais, o consumo muitas vezes aumenta em 5%;
  • Não abusar das mudanças e evitar rotações elevadas. Este truque é bastante simples porque basta ‘ouvir’ o carro a “queixar-se”. Deve trocar o mais cedo possível da primeira mudança para a segunda, uma vez que o atraso pode causar elevados consumos;
  • Traçar o caminho com o GPS. Os sistemas de navegação já são os melhores amigos dos mais distraídos. Existem aplicações de GPS que atualizam em tempo real as movimentações de trânsito, nomeadamente acidentes ou estradas cortadas. Com este sistema, é fácil evitar complicações e a viagem torna-se mais económica.

 

Recomendadas

Estudo da GfK diz que ‘propensão para comprar em Portugal’ está abaixo da média europeia

Neste parâmetro, o consumidor que apresenta mais predisposição para comprar é o alemão, enquanto o consumidor espanhol é o que tem menos vontade de adquirir produtos/serviços.

Cuidado com os descontos na eletricidade e no gás, alerta o regulador

O regulador de energia aconselha os clientes a informarem-se antes de assinarem documentos que lhes dá um suposto desconto.

Sabe quanto pode custar, em média, um casamento?

Um casamento não tem necessariamente de ser algo caro, a menos que se prepare uma festa memorável, como costuma ser o caso. Por isso, fizemos as contas e damos-lhe uma ideia de quanto custa casar em Portugal.
Comentários