Comparar preços é essencial. Como preparar uma ida às compras de regresso às aulas

É essencial ter uma lista e ser fiel a esse método. Os estímulos para o consumo são muito fortes e os filhos são os nossos grandes influenciadores numa ida às compras. No entanto, não há qualquer problema em dizer que não é possível comprar aquele bem. Siga estas e outras dicas de João Raposo, fundador e administrador do Grupo Reorganiza.

Comparar alternativas é essencial para que haja poupanças nas compras de regresso às aulas mas é preciso não esquecer que vivemos na era digital, que evita custos de deslocação que são muitas vezes desnecessários.

É essencial ter uma lista e ser fiel a esse método. Os estímulos para o consumo são muito fortes e os filhos são os nossos grandes influenciadores numa ida às compras. No entanto, não há qualquer problema em dizer que não é possível comprar aquele bem.

Siga estas e outras dicas de João Raposo, fundador e administrador do Grupo Reorganiza para preparar uma ida às compras de regresso à aulas mais económica.

Relacionadas

Não gaste dinheiro desnecessariamente. Siga as dicas de poupança para o regresso às aulas

Esta é uma época em que os alunos querem ter lápis e cadernos novos mas antes de ir às compras, deve ver primeiro o que tem lá em casa para não gastar dinheiro desnecessariamente. Siga estas e outras dicas de João Raposo, fundador e administrador do Grupo Reorganiza.
Recomendadas

A pensar em casar para o ano? Saiba quanto custa um casamento

Por menos convidados que se tenha num casamento, esta é uma cerimónia tem sempre custos avultados: entre o copo d’água, o catering, a roupa dos noivos e outros tantos pormenores, é difícil fazer a festa por menos de 20 mil euros.

WiZink lança Unido, a primeira app em Portugal aberta a todos utilizadores

A app gratuita funciona de forma independente, está aberta e disponível para todos os utilizadores, independentemente das entidades financeiras em que sejam clientes.

Sabia que é possível resolver conflitos de consumo através da internet?

Encomendar produtos em sites com sede em qualquer ponto da Europa já não é uma compra sem rede. A plataforma RLL, um sítio interativo, gratuito, acessível em todas as línguas oficiais do espaço europeu, gerida pelo Centro Europeu do Consumidor, pode apoiá-lo em caso de conflito.
Comentários