Compromissos ambientais da Altri impulsionam redução de 174 mil toneladas de CO2 em 2020

Num ano em que foi distinguida pelo CDP – Climate Change com rating ‘B’, a Altri evitou que 174 mil toneladas de CO2 fossem emitidas, em 2020.

No que toca às emissões de CO2, a Altri conseguiu evitar que 174 mil toneladas de gases fossem emitidas, em 2020, graças à utilização de 91% de energia proveniente de fontes não fósseis e à injeção de 974 gigawatts de energia verde na rede elétrica nacional.  De acordo com a nota divulgada esta quarta-feira, além da redução da emissão destes gases, a Altri conseguiu que 20% do efluente da sua unidade Celtejo fosse reciclado e reintroduzido no processo de pasta de papel, reduzindo desta forma o uso de água.

Tudo isto levou à adesão ao United Nations Global Compact e impulsionou a Altri a assumir os compromissos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos na Agenda Mundial 2030. O ano de 2020 ficou ainda marcado pela consolidação do “Compromisso 2030”da Altri com o estabelecimento de metas bastantes ambiciosas.

Durante o mesmo ano, marcado pela pandemia, a papeleira consolidou a sua posição enquanto produtor florestal de referência, gerindo uma área total de 86,3 mil hectares de floresta certificada pelo Conselho de Manejo Florestal — Forest Stewardship Council (FSC, sigla em inglês) e Programa de Endosso da Certificação Floresta (PEFC). Do total da área sob gestão, 10% corresponde a áreas de conservação.

Ainda no âmbito florestal, os viveiros da Altri produziram 1,2 milhões de clones e 3,9 milhões de plantas por via seminal de diversas espécies autóctones disponibilizadas à comunidade.  No que toca ao combate aos incêndios florestais, a Altri investiu 3,5 milhões de euros em dispositivos de deteção e combate aos fogos e 2,4 milhões de euros no desenvolvimento de uma silvicultura preventiva.

No processo de produção, nas suas unidades Celbi, Celtejo e Caima, 65% da madeira adquirida estava certificada pelo FSC e pelo PEFC, 96% das matérias primas utilizadas são renováveis e 77% dos resíduos são valorizados, materializando o conceito de economia circular.

Em termos de recursos humanos, a empresa encerrou o ano com 765 colaboradores diretos, nas mais diversas unidades. No ano em análise, a taxa de absentismo situou-se em apenas 4,4%, tendo-se registado uma redução do índice de frequência de acidentes com baixa para 3,7 (“Bom” de acordo com a OIT) e que representa uma redução de 60% face a 2019 e uma redução do índice de gravidade de 15% face também ao ano anterior. Com o ambicioso objetivo de atingir a meta “zero acidentes” nas suas unidades, o Grupo Altri tem vindo a implementar programas de indução de comportamentos responsáveis por forma a aproximar-se deste valor.

Recomendadas

Tik Tok cobra até dois milhões por dia por destaques publicitários

O preço total aumentou em grande parte devido à crescente base de clientes da rede social. Só nos EUA a aplicação tinha mais de 100 milhões de utilizadores ativos por mês em agosto.

Alienação de participações em blocos ajuda Sonangol a reduzir exposição financeira e dívidas

A abertura do processo emerge “de ações que visam o reposicionamento e sustentabilidade da carteira de investimentos da Sonangol para assunção dos seus compromissos financeiros nas concessões petrolíferas e com as instituições bancárias”, bem como a redução da exposição financeira da empresa.

Portugueses em teletrabalho gastam menos 161 euros por mês, revela estudo

Segundo o inquérito da plataforma Fixando, a poupança deve-se sobretudo às deslocações para os postos de trabalho.
Comentários