Consultora EY vai contratar cerca de 170 jovens em 2021

A empresa irá ultrapassar as 1.000 contratações de jovens universitários nos últimos quatro anos. O foco volta a ser a formação em Economia, a Gestão, a Ciência, a Tecnologia, a Engenharia e Matemática.

A consultora EY Portugal vai contratar cerca de 170 jovens formados em Economia, a Gestão, a Ciência, a Tecnologia, a Engenharia e Matemática no próximo ano, no âmbito do processo de recrutamento anual da empresa que acontece em dois momentos: janeiro e setembro. Com esta meta, a EY irá ultrapassar as 1.000 contratações de jovens universitários nos últimos quatro anos.

A transformação digital do processo de atração e avaliação do talento na EY tornou o recrutamento de 3.200 candidatos mais seletivo em cada uma das suas fases, permitindo recrutar os melhores e mais rapidamente. Assim, os especialistas podem conhecer e avaliar um conjunto alargado de estudantes, de uma forma rápida, mantendo o rigor e a necessidade de “sucesso académico aliado a um conjunto robusto de competências pessoais”, segundo explicou a consultora esta quinta-feira.

Só este ano a firma integrou (e acolheu) 130 jovens altamente qualificados de forma 100% digital, num processo remoto que se prolongou ao longo de quatro dias, envolveu 46 oradores, 32 horas de transmissão e 700 embalagens com almoço e lanche distribuídas de Bragança a Faro pelas casas dos recém-contratados.

Em vez do habitual hotel, em setembro, o dia de boas-vindas das jovens promessas (conhecido na casa como “Induction EY”) realizou-se à distância. O mesmo acontecerá em janeiro do próximo ano, sendo que a vertente presencial dependerá da evolução da situação epidemiológica do país, de acordo com o comunicado da empresa.

“Ainda que de forma mista, admitindo que continue a haver algumas etapas presenciais, este é um formato que queremos manter no futuro. O digital é um processo mais ágil, mais rápido e não é sinónimo de perda de relação humana. Mesmo de forma digital, os contratados conseguiram criar ligações e fazer networking entre eles”, garante a responsável pelos Recursos Humanos da EY, Teresa Freitas.

Este ano, 20% dos recéns-graduados contratados pela EY são das áreas STEM – Science, Technology, Engineering and Mathematics (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática), uma percentagem que tem vindo a aumentar nos últimos anos.

Ler mais
Recomendadas

Advogados celebram hoje o Dia Pro Bono em Portugal

O tema deste ano é: “O Pro Bono reinventado na resposta à(s) crise(s) – preparar o futuro”. O evento é organizado pela Associação Pro Bono Portugal, Cuatrecasas, FCB Advogados, PLMJ, Sérvulo & Associados, SRS Advogados, VdA e pelo programa de apoio jurídico da Reuters, o TrustLaw.

“Regulação dos robôs vai exigir quebra de paradigma ontológico e epistemológico”

Eduardo Magrani defende que, antes de se pensar nas questões éticas em torno dos robôs há que compreender filosoficamente a ética dos animais, “que está atrasada”.

CPAS aprova plano de proteção de rendimentos para advogados, solicitadores e agentes de execução com incapacidade temporária de trabalho

O seguro de acidentes pessoais e de doença foi desenvolvido pela AIG e permite que os beneficiários beneficiem de uma proteção que lhes garante, nas situações previstas, o pagamento equivalente a 70% da remuneração convencional mensal por si escolhida, sendo que os prémios são assumidos pelo sistema de previdência.
Comentários