Consumidores já escolheram: aí estão os produtos mais inovadores de 2018

Todos os anos, o ‘Produto do Ano’ premeia os produtos que se destacam pela inovação, com voto direto dos consumidores.

Acabam de ser anunciados os vencedores da edição deste ano do ‘Produto do Ano’. Criada em França em 1987, esta distinção é já atribuída em mais de 35 países de todo o mundo com o mesmo objetivo: guiar os consumidores até aos melhores produtos no mercado e premiar os produtores pela qualidade e inovação.

A cerimónia de entrega de prémios está agendada para as 10:00 do dia 7 de fevereiro, no News Museum, em Sintra, mas antes ainda da sessão, decorrerá uma conferência, dedicada ao tema “Os Millennials e a Inovação”. Na edição deste ano, na qual vão ser premiados os vencedores de 32 categorias, o produto considerado mais inovador foi o colchão Pikolin Smart Pik, que integra um dispositivo inteligente que mede a qualidade do sono, num estudo que revela ainda que as lojas continuam a ser o local de maior contacto com os produtos (62%).

Do estudo base deste prémio, realizado com cerca de seis mil consumidores, importa ainda reter que 89% dos portugueses gostam de experimentar novos produtos, 76% está disposto a pagar mais por um produto novo que o satisfaça e 64% é da opinião que os novos produtos são pouco diferentes dos produtos já existentes. No que diz respeito ao que os consumidores privilegiam em novos produtos, 93% dos inquiridos, na maioria mulheres, destacam a boa relação qualidade/preço, 59% privilegiam produtos que melhorem a saúde e 39%, também sobretudo consumidores do sexo feminino, preferem produtos mais naturais. Ainda neste estudo, foi possível concluir que o principal motivo de não compra de produtos novos poderá ser o preço (31%), seguido da não adequação do produto para o consumidor (15%).

Segundo José Borralho, responsável pelo ‘Produto do Ano’, a comprovar os resultados significativos que são obtidos a cada edição, “está o facto de 90% dos vencedores voltarem a concorrer no ano seguinte”. Todos os anos, são recebidas candidaturas de todos os tipos de bens de grande consumo que apresentem inovação e tenham sido lançados no mercado nos últimos 18 meses.

A votação dos produtos vencedores é efetuada através de um estudo online, representativo para população nacional, realizado pela Netsonda. Confira a listagem completa dos vencedores em 32 categorias aqui.

 

Ler mais

Recomendadas

Marcelo defende que escolas devem “fechar o mais cedo possível”

Apesar de apontar efeitos demolidores para os estudantes, Marcelo Rebelo de Sousa defende que as escolas devem fechar o “mais cedo possível”, disse hoje ao Observador.

Portugal foi o quarto país da zona euro que mais aumentou o peso da dívida pública no terceiro trimestre

O rácio da dívida pública na zona euro subiu para 97,3% do PIB no terceiro trimestre do ano passado. Portugal continua a ocupar o terceiro lugar do ranking de países com o maior peso de dívida pública e em comparação com o segundo trimestre foi dos que registou a maior subida.

Portugal teve o terceiro maior défice da zona euro no terceiro trimestre

Os défices na zona euro caíram para 5,8% do PIB no terceiro trimestre do ano passado, em termos ajustados de sazonalidade. O défice de Portugal igualou o de Espanha e fixou-se acima da média dos países da moeda única.
Comentários