Coreia do Sul: espelho de realidade aumentada permite compras de cosméticos sem toque

O espelho de realidade aumentada tira uma foto ao rosto do cliente, analisa-a e depois recomenda os produtos de beleza mais adequados.

Um espelho de realidade aumentada na nova boutique de cosméticos Amorepacific, em Seul, facilita a escolha de produtos de beleza, como o tom de batom ou rímel adequados, mesmo que esteja a utilizar máscara, segundo revela a agência “Reuters” esta sexta-feira, 3 de julho.

O espelho tira uma fotografia do rosto do cliente e analisa, para depois recomendar os produtos com base na textura da pele. O sistema tem em consideração manchas, rugas e olheiras. Os clientes podem aceder a uma imagem sua, gerada por um computador, de forma a verem o resultado final se utilizassem determinado produto.

“Devido ao coronavírus, parecia desconfortável testar cosméticos depois de alguém os ter usado”, disse a cliente Cho Yu-lim, enquanto olhava para o espelho onde estava escrito “Find Your Makeup Look”. ” É muito conveniente, pois eu posso ver a cor real [do produto] no meu rosto sem nem lhe tocar”, garantiu Cho Yu-lim.

Já Song Da-hye, de 20 anos, também cliente da Amorepacific, descreveu a experiência como “frustrante porque não conseguia experimentar os cosméticos no meu rosto”, mas admite que “foi divertido encontrar o produto que mais me convém”.

Para minimizar o contato humano e limitar a propagação de vírus, a loja também colocou códigos QR ao lado de todos os produtos em exibição para que os clientes possam verificar os detalhes dos cosméticos nos telemóveis.

A Coreia do Sul foi elogiada pela forma como lidou com a Covid-19 e nesta questão, o Governo sul-coreano pediu que as pessoas experimentassem os cosméticos nas mãos das costas e não no rosto, além do distanciamento social.

Apesar do sucesso, a quarta maior economia da Ásia sofreu surtos persistentes nas últimas semanas, principalmente na capital, Seul.

Ler mais
Relacionadas

Kim Jong-un considera “um brilhante sucesso” a estratégia norte-coreana no combate ao vírus

O líder da Coreia do Norte acredita não existem casos confirmados do novo coronavírus na Coreia do Norte e destacou a importância de manter o “alerta máximo” pois “o vírus ainda poderá estar presente nos países vizinhos”.

União Europeia vai manter fronteiras fechadas para voos dos EUA

A União Europeia está a preparar uma lista de países considerados seguros para realizar viagens (em lazer ou negócios) de e para. Ao todo, serão 15 os Estados que constarão numa lista que ainda estará a ser fechada.

Medicamento da BIAL para a doença de Parkinson aprovado no Japão

Depois de aprovado para a Europa e Estados Unidos, o medicamento passa a ser o primeiro de investigação portuguesa alguma vez aprovado no Japão.
Recomendadas

Canadá promete retaliar contra novas tarifas norte-americanas

Se os Estados Unidos voltarem a impor tarifas aos produtos canadianos com base no alumínio, como fizeram em 2018, o Canadá responderá aplicando tarifas retaliatórias.

Facebook remove rede pró-Trump baseada na Roménia

O Facebook revelou que removeu recentemente uma pequena rede de contas a operar a partir da Roménia que promovia a campanha de reeleição do presidente Donald Trump.

Estado de Nova Iorque vai processar associação que promove as armas pessoais

A poderosa NRA, National Rifle Association, vai ser processada por corrupção e desvio de fundos para interesses pessoais. Donald Trump já veio defender a organização, que teve em Barack Obama um dos seus maiores inimigos.
Comentários