Coreia do Sul já está a recorrer a robôs inteligentes para controlar Covid-19

Caso detete que a temperatura corporal de alguém está acima dos 37,5 graus centígrados, o robô emite um alarme enquanto recorre à inteligência artificial para detetar reuniões e aconselhar as pessoas a dispersarem.

O robô, equipado com câmeras e um ecrã LED recebe os trabalhadores à entrada da sede da maior operadora de telecomunicações da Coreia do Sul, a SK Telecom, onde verifica a temperatura, fornece desinfetante e aconselha os funcionários a manterem a distância social e colocarem as respetivas máscaras, segundo a “Reuters”.

A ideia foi desenvolvida pela Corporate Korea, que é especialista no fabrico de robôs inteligentes utilizados para tarefas maioritariamente ligas à limpeza de espaços. À medida que as empresas sul coreanas se esforçam para reduzir o contacto humano nos locais de trabalho, a tecnologia vai ganhando um papel cada vez mais preponderante em tempos de pandemia.

O robô, desenvolvido em conjunto pela SK Telecom e pela Omron Electronics Korea – fornecedor de soluções de automação industrial, transmite os dados recolhidos para um servidor em tempo real, alimentado pela tecnologia de quinta geração (5G) da empresa de telecomunicações.

Caso detete que a temperatura corporal de alguém está acima dos 37,5 graus emite um alarme enquanto recorre à inteligência artificial para detetar reuniões e aconselhar as pessoas a dispersarem.

Ra Kyhong-hwan, chefe de cooperação de negócios de dados na SK Telecom e um dos responsáveis pelo desenvolvimento do robô, afirma que este não só “ajuda a minimizar o contato pessoal e reduz o tempo necessário para verificações de temperatura à entrada, como também recorre à tecnologia de inteligência artificial para aumentar o grau de precisão com que analisa os funcionários”.

Equipado com lâmpadas ultravioleta e dois pulverizadores desinfetantes, o robô pode desinfetar 99% dos 33 metros quadrados de superfície em apenas 10 minutos, informou a empresa. Adicionalmente o robô tem uma funcionalidade que oculta os rostos dos funcionários espelhados no ecrã no sentido de proteger a sua privacidade.

Lim Yeon-june, funcionário da SK Telecom, comentou a presença do robô na sede, afirmando que “foi um pouco estranho quando vi o robô pela primeira vez, mas percebo que ele pode aumentar a consciencialização sobre o distanciamento social e também melhora a precisão nas verificações de temperatura”.

Tendo conseguido em grande parte conter a epidemia que infetou mais de 11 mil e matou 269 pessoas, a Coreia do Sul está a atravessar uma fase de distanciamento social intensivo que o governo apelidou de “distanciamento na vida quotidiana”.

Ler mais
Recomendadas

Novo Banco diz que “não vende imóveis com desconto”, pois vendeu ao preço de mercado

“A diferença quanto ao valor de avaliação no balanço dos imóveis não é um desconto, é o efeito da diferença entre o preço de mercado e o valor de avaliações que seguem o método de custo ou que assumem diferentes estimativas de capacidade construtiva”, explica o banco liderado por António Ramalho.

PremiumEmpresas nacionais brilham nas tecnologias da educação

JP Inspiring Knowledge, Bi-Bright e ubbu têm uma palavra a dizer na ‘virtualeduca.connect’, que decorre de 21 a 23 de julho, sob o signo do futuro.

Setor dos recursos minerais otimista na recuperação da atividade

A preservativa de evolução da liquidez é mais otimista face ao mês de abril, apesar de 33% estimar um impacto negativo de 20% a 40% na liquidez.
Comentários