Covid-19: Barkyn disponibiliza linha de saúde para cães

André Jordão, diretor-executivo da Barkyn, afirma que o aconselhamento veterinário à distância é disponibilizado a todas as famílias com cães. “Se detetar algum sinal clínico anormal no seu cão ou simplesmente necessitar de esclarecer alguma dúvida relacionada com a saúde do seu animal pode contactar a linha da Barkyn”.

Barkyn

A startup portuguesa Barkyn está a assegurar aconselhamento veterinário para minimizar o impacto do coronavírus, fazendo com que os donos não precisem de se deslocar aos veterinários neste momento de pandemia.

Apesar de ser possível passear os cães nas ruas, mesmo em quarentena, com passeios curtos, e de não existir possibilidade dos animais de estimação transmitirem o novo coronavírus, a Barkyn estendeu o serviço de aconselhamento veterinário online a todos os donos de cães do país.

“O objetivo é que todas as pet-families possam esclarecer as preocupações relacionadas com a saúde dos seus cães sem terem de sair de casa, à distância de um telefonema [912760990] ou email [vetline@barkyn.com]”, indica a startup criada por portugueses. Com perto de 40% das famílias portugueses com um cão, a Barkyn pretende que as famílias permaneçam em casa, evitando possíveis contágios nas deslocações.

André Jordão, diretor-executivo da Barkyn, afirma que o aconselhamento veterinário à distância é disponibilizado a todas as famílias com cães. “Se detetar algum sinal clínico anormal no seu cão ou simplesmente necessitar de esclarecer alguma dúvida relacionada com a saúde do seu animal pode contactar a linha da Barkyn”.

“Em tempos difíceis esta é a nossa contribuição, a nossa forma de ajudar a garantir a saúde de todos os cães e famílias”, sublinhou o fundador da startup.

Esta linha de aconselhamento está disponível desde a passada segunda-feira, 16 de março, e permanece ativa até dia 31 de março, das 10 horas até às 20 horas.

Covid-19 não afeta animais domésticos e não se transmite através deles

“Não existem provas científicas de que o coronavírus afete os animais domésticos, pelo que os nossos animais de estimação não são infetados por este vírus nem transmitem a infeção às pessoas”, sustenta Daniela Leal, um das veterinárias da Barkyn.

Apesar das dúvidas relativamente à propagação para animais de estimação serem muitas, a Organização Mundial da Saúde sustentou que isto não acontece. Ainda assim, a OMS aconselha a lavar as mãos sempre que existir contacto com os animais de companhia.

“Lavar as mãos sempre que estiver em contacto com o cão, evitar o contacto do cão com pessoas infetadas, cobrir a boca com um lenço de papel quando tossir ou espirrar e evitar que o cão frequente espaços com muitas pessoas”, afirma a veterinária da Barkyn, relembrando para não abandonar os animais durante esta fase, um apelo que já tinha sido transmitido pela Guarda Nacional Republicana.

Ler mais
Recomendadas

PS e PSD chumbam divulgação de dados sobre a Covid-19 para estudo da comunidade científica

No projeto de resolução, chumbado na Assembleia da República, o Iniciativa Liberal recomendava ao Governo a que recolhesse e disponibilizasse à comunidade científica portuguesa os dados epidemiológicos da Covid-19 para que os cientistas portugueses possam estudar a doença.

Covid-19: Parlamento trava cortes de água, luz, gás e telecomunicações

O Parlamento aprovou hoje em votação final global propostas do BE e PCP que suspendem os cortes do fornecimento de água, luz, gás e telecomunicações a famílias com quebra de rendimentos devido à pandemia de covid-19.

Parlamento chumba regime de preços máximos para gasolina e gasóleo durante a crise da Covid-19

Os comunistas alertavam, no projeto de lei, que os preços da gasolina e do gasóleo não estarem a acompanhar a queda do preço do Crude Oil Brent, que serve de referência para Portugal e pediam ao Governo que tome medidas para acabar com a “lógica absurda” das grandes empresas do setor.
Comentários