Covid-19: Ministério da Agricultura lança medidas excecionais para garantir abastecimento agroalimentar

Na sequência do alastramento da pandemia, o ministério liderado por Maria do Céu Albuquerque constatou “crescentes perturbações que o setor agrícola e a cadeia alimentar evidenciam em muitos Estados-Membros, tal como em Portugal”.

O Ministério da Agricultura anunciou esta noite (31 de março) que vai lançar um plano de medidas excecionais para garantir o abastecimento de produtos agroalimentares no contexto da crise atual gerado pela pandemia da Covid-19.

“Na sequência do alastramento da pandemia Covid-19 e da constatação de crescentes perturbações que o setor agrícola e a cadeia alimentar evidenciam em muitos Estados-Membros, tal como em Portugal, o Ministério da Agricultura iniciou o processo de elaboração de um ‘Plano de Medidas Excecionais’ para o setor agroalimentar no contexto da referida crise”, adianta um comunicado do ministério liderado por Maria do Céu Albuquerque.

De acordo com a nota, “este plano tem como principal objetivo garantir as condições de funcionamento do complexo agroalimentar, garantindo a segurança do abastecimento alimentar, num contexto de fortes restrições de circulação de pessoas e mercadorias, e, ainda, mitigar o efeito nos subsetores com quebra de procura”.

“Para além do ‘Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de Abastecimento de Bens nos Setores Agroalimentares e do Retalho’, criado com o Ministério da Economia e Transição Digital, foi também constituído, desde o início desta pandemia, um outro grupo informal no Ministério da Agricultura. Este ‘Grupo de Contacto’ reuniu esta tarde, por videoconferência, tendo sido apresentado, pela ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, a primeira versão de trabalho deste plano, tendo cada setor feito o respetivo ponto de situação”, esclarece o referido comunicado.

“Este ‘Grupo de Contacto’ garante um acompanhamento contínuo da situação, a avaliação das questões mais urgentes e a agilização das respostas necessárias”, assegura o Ministério da Agricultura.

A primeira versão do plano das medidas excecionais será atualizado sempre que necessário, assegura o Ministério da Agricultura.

“Este plano apresenta o conjunto das medidas transversais: financeiras, fiscais e de trabalho; também medidas específicas em curso da agricultura; e medidas excecionais em negociação com a Comissão Europeia, para salvaguardar os interesses dos agricultores e da agricultura portuguesa”, conclui o referido comunicado.

Ler mais

Recomendadas

Governo está a negociar mais medidas de apoio à agricultura que podem ir até aos 35 milhões de euros

Maria do Céu Albuquerque anunciou ainda que o Governo está a trabalhar na linha de crédito que foi criada com o Fundo Europeu de Investimento, de cerca de 300 milhões de euros, para alargar os critérios de acesso a investimentos já em execução.

Ministra da Agricultura participa na apanha da cereja no Fundão

O Ministério da Agricultura destaca que a região da Cova da Beira é considerada uma das maiores zonas de produção de cereja a nível nacional.

Governo promete estudar linha de crédito bonificada para prejuízos na cereja

“Uma das medidas que, eventualmente, podemos vir a estudar, é a da criação de uma linha de crédito bonificada para ajudar, de facto, a haver um reforço adicional de tesouraria e de fundo de maneio para passagem desta fase”, apontou Maria do Céu Albuquerque.
Comentários