Covid-19 potencia parcerias com foco no bem-estar

Sodexo e Edenred criaram parcerias com empresas de sectores vários tendo como objetivo responder às necessidades criadas pela pandemia. ‘Takeaway’ com o cartão “Sodexo Refeição Pass” e cuidados de saúde com o “Medicare Silver Edenred” são dois exemplos.

O bem-estar dos colaboradores, mais do que nunca, é valorizado pelas empresas que, durante 2020, tiveram de se adaptar a uma nova realidade resultante da pandemia de Covid-19. Os confinamentos decretados pelo Governo português transformaram o quotidiano das famílias que, para manterem o otimismo em relação ao futuro, viram adotadas novas parcerias pelas empresas empregadoras.

No caso da Sodexo, o takeaway tomou uma posição central na criação de novas parcerias. Tendo perfeita consciência da realidade atual, a empresa estabeleceu parcerias com várias empresas de entrega de refeições ao domicílio, como a Domino’s Pizza, Uber Eats, Glovo, Marmita, Eat Tasty e Frezco.

Os novos acordos permitem aos utilizadores do cartão “Sodexo Refeição Pass” uma oferta variada na hora de escolher a ementa para as suas refeições. Esta oferta não existia anteriormente, uma vez que o takeaway era encarado como uma solução esporádica, visto que a maioria das pessoas preferia deslocar-se aos respetivos estabelecimentos.

Ainda dentro do conceito de takeaway, a Sodexo justifica os novos serviços disponibilizados com a necessidade de “apoiar os nossos parceiros, restaurantes e mercados locais, que tiveram de adaptar o seu modelo de negócio, criando o serviço de takeaway e de delivery durante a pandemia”, segundo conta ao Jornal Económico, Nelson Lopes, CEO da Sodexo.

A criação do “Sempre Consigo” teve um duplo impacto na sociedade. Por um lado, junto dos colaboradores impedidos de sair de casa, e, por outro, junto dos comerciantes do sector da restauração que viram o volume de negócios diminuir substancialmente.

Em relação à Edenred, também houve uma preocupação especial com os cartões de refeição, no sentido de adaptar a oferta à realidade atual. O programa “Euroticket+” e a iniciativa “Ao seu Lado” têm por base precisamente as mesmas premissas que os serviços oferecidos pela Sodexo acima mencionados. Por um lado, oferecer alternativas aos colaboradores no que toca às refeições e, por outro, apoiar os comerciantes numa altura em que muitos continuam de portas fechadas, estando limitados a serviços de takeaway. O programa “Euroticket+” tem como principal propósito mitigar os efeitos da crise provocada pela pandemia de Covid-19, no sentido de oferecer descontos e promoções, campanhas exclusivas e novas parcerias, bem como novas oportunidades de negócio.

Outra das criações durante o período da pandemia diz respeito aos cuidados de saúde. A Edenred criou o “Medicare Silver Edenred”, ao qual todos os utilizadores do cartão Euroticket Refeição têm acesso totalmente gratuito. A justificação para o novo serviço prende-se com a necessidade de reforçar a oferta no que toca aos cuidados de saúde, numa altura em que muitas pessoas têm receio de se deslocar aos hospitais. O “Medicare Silver Edenred” oferece um conjunto de serviços de saúde e de assistência em todas as entidades prestadoras da rede Medicare, com descontos que vão até 30% em consultas, exames e tratamentos médicos.

 

Teletrabalho – o benefício extrassalarial do futuro
O teletrabalho tornou-se numa realidade cada vez mais presente na vida profissional do portugueses que, à primeira tentativa, rapidamente perceberam que trabalhar remotamente traria vários benefícios ao nível do bem-estar.

Um dos exemplos é a empresa de contabilidade e fiscalidade Nucase. Perante a obrigatoriedade decretada pelo Governo em relação ao teletrabalho, esta foi uma das empresas que percebeu que esta nova forma de trabalhar poderia representar, face ao sucesso da medida, um benefício extrassalarial muito valorizado pelos colaboradores.
Nesse sentido, Sónia Nunes, administradora e diretora de recursos humanos do grupo Nucase, afirma que, no futuro, “o teletrabalho poderá ser o principal benefício extrassalarial oferecido aos trabalhadores”. A empresa que já realizou dois estudos internos junto dos colaboradores, percebeu que, não só o feedback foi positivo, como a produtividade demonstrada serve de confirmação para a normalização desta realidade.

Ainda que a pandemia tenha tido um efeito devastador no seio de milhões de famílias ao nível da saúde e da economia – e que só começará a ser invertido quando a recuperação se iniciar –, o teletrabalho pode vir a ser uma das conquistas que promete revolucionar o mundo do trabalho como o conhecemos.

Ler mais
Recomendadas

Mais de um milhão de portugueses estão vacinados contra a Covid-19

Dos cidadãos inoculados, 204.147 milhões de pessoas tomaram uma dose da vacina contra a Covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Odemira: Conselho de ministros aprova levantamento da cerca sanitária

O Conselho de Ministros aprovou o levantamento da cerca sanitária em Odemira a partir das 00:00 do dia 12 de maio.

Itália regista 6.946 novos casos num dia e aumenta pressão para aliviar restrições

A Itália registou 6.946 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, divulgaram hoje as autoridades italianas, numa altura em que aumenta a pressão política para o governo de Mario Draghi aliviar as restrições ainda em vigor no país.
Comentários