Covid-19: Sonae vai colocar mais de três mil barreiras acrílicas de proteção nas lojas

Desde dia 16 de março que as lojas Continente estão a regular as entradas e saídas de clientes respeitando a base de quatro clientes por cada 100 metros quadrados.

Continente

A Sonae MC vai instalar mais de três mil barreiras acrílicas de proteção, nas zonas de pagamento e balcão de informação, em todas as lojas do país, seja nas lojas Continente, Continente Modelo, Continente Bom Dia, Well´s, Go Natural, ZU, Maxmat, note!, Dr. Well’s e Home Story. O objetivo, segundo esta cadeia retalhista, é aumentar a segurança de clientes e colaboradores.

“Esta medida estará implementada em todas as lojas referidas (incluindo Açores e Madeira) nos próximos dias, sendo mais uma iniciativa de segurança que a Sonae MC tem vindo a implementar”, garante um comunicado da empresa.

De acordo com esse documento, “desde dia 16 de março que as lojas Continente estão a regular as entradas e saídas de clientes respeitando a base de quatro clientes por cada 100 metros quadrados, de acordo com a portaria nº 71/2020 do Diário da República”.

“As entradas nas lojas estão a ser monitorizadas por elementos da equipa de segurança”, adianta o referido comunicado.

A Sonae MC avança que está também a implementar “medidas para acautelar distâncias de segurança entre os nossos clientes, que estão devidamente assinaladas nas lojas (por exemplo, junto aos balcões de atendimento e às caixas)”.

“As equipas das lojas Continente estão empenhadas e mobilizadas em manter a atividade com a máxima normalidade. A manutenção dos horários e o esforço acrescido na reposição de produtos permite que todos possam realizar as suas compras em horários desfasados, evitando assim filas e concentrações de pessoas”, esclarece o comunicado em questão.

A cadeia retalhista nacional adianta que também no Continente Online, e para proteção de clientes e colaboradores, “foram implementadas regras extraordinárias no serviço: não é efetuada a recolha de sacos de plástico no âmbito da política de reciclagem (o valor é creditado em Cartão Continente, considerando que o consumidor efetuou a devolução total dos sacos da encomenda anterior); as entregas ao domicílio são efetuadas à porta do cliente, não havendo entrada dos funcionários no local; e excluíram-se as opções de pagamento no ato de entrega – o pagamento é feito exclusivamente por cartão de crédito, MB Way ou PayPal”.

“Dado o elevado volume de tráfego verificado no Continente Online, os clientes podem também recorrer à ‘app’ Continente, disponível em ‘app’ Store e Google Play”, aconselha a Sonae MC.

O grupo sublinha ainda que “estamos a dar prioridade ao fornecimento de bens de primeira necessidade”, e garante que “não alterámos os preços dos produtos nem as promoções previstas”.

“Reforçámos a segurança, higiene e limpeza dos locais de trabalho, das zonas sociais e de toda a cadeia de distribuição das operações e cadeia de abastecimento, bem como a desinfeção de todos os carrinhos de compras. Temos disponível doseadores com gel higienizante e estamos também a disponibilizar luvas para os colaboradores, desde que asseguradas de forma efetiva as regras de utilização. Estamos ainda a informar e a dar formação a todos os colaboradores sobre as regras básicas de proteção”, garante o comunicado da Sonae MC.

Esta nota realça que “a distribuição alimentar foi identificada como um serviço crítico pelo Governo e a Sonae MC está consciente da sua responsabilidade para com o país”.

“A prioridade da Sonae MC é garantir sempre a segurança de clientes e colaboradores/as, seguindo as orientações da Direção-Geral de Saúde e do Ministério da Economia. O Continente apela à compreensão dos seus clientes para a situação excecional que se vive”, alerta o mesmo comunicado.

A Sonae MC conclui, salientando que “as equipas das lojas Continente e entrepostos prosseguem empenhados a trabalhar, como até aqui, comprometidos em manter a sua atividade ao serviço dos portugueses, para continuar a #AlimentarPortugal”.

 

Ler mais
Recomendadas

Armazéns do El Corte Inglés reabrem a partir de sexta-feira

“Este dia vai ser o mais emocionante desde a nossa inauguração em Portugal”, admite o diretor nacional do grupo espanhol.

CTT anunciam subida de preços de 1,41% a partir de 1 de junho

Medida vem enquadrada na política tarifária da empresa para o ano de 2020.

Grupo Jerónimo Martins garante zero trabalhadores infetados com Covid-19 na Azambuja

Grupo nacional de distribuição assegura que os testes aos mais de 840 colaboradores que emprega no centro de distribuição da Azambuja deram todos resultados negativos.
Comentários