CP faz descontos até 80% em 13.500 viagens nos Alfa e Intercidades

No total da campanha serão disponibilizadas cerca de 4.750 viagens nas ligações entre Lisboa e o Porto.

Desde ontem, dia 13 de janeiro, a CP está a disponibilizar viagens nos comboios Alfa Pendular (classe turística) e Intercidades (2ª classe) com descontos até 80%.

De acordo com a plataforma especializada webrails.pt, “no total da campanha serão disponibilizadas cerca de 4.750 viagens nas ligações entre Lisboa e o Porto”.

“Trata-se de mais uma campanha, idêntica às anteriores que a empresa tem promovido desde 2013, que têm registado uma grande adesão dos clientes, contribuindo para o aumento da procura de tráfego de longo curso”, acrescenta a webrails.

Segundo esta plataforma, os bilhetes da CP alvo deste desconto são válidos para viagens a realizar entre 16 de janeiro (próxima quinta-feira) e 31 de março, podendo ser adquiridos com uma antecedência de dez dias relativamente à data da viagem, com preços a partir de 2,5 euros nas ligações entre Lisboa e Évora; de três euros entre Lisboa e Beja; de quatro euros entre Lisboa e Coimbra, Aveiro ou Covilhã; de 4,5 euros entre Lisboa e Faro ou Guarda; de cinco euros entre Lisboa e Porto; e de 5,5 euros entre Lisboa e Braga, Guimarães ou Viana do Castelo.

Recomendadas

Santander lucra 6,5 mil milhões em 2019, menos 17% que em 2018

O banco espanhol apresentou resultados a caírem por causa dos custos extraordinários com a operação que tem no Reino Unido. Mas em Espanha os lucros subiram. O Santander Totta, em Portugal, contribuiu com 525 milhões de euros para o resultado líquido.

Já arrancou a assembleia de acionistas da Cofina para votar compra da TVI

Os acionistas da dona do Correio da Manhã vão votar a compra da TVI e um aumento de capital no valor de 85 milhões de euros para financiar a compra da Media Capital. Assembleia da Cofina tem início depois de os acionistas da Prisa já terem dado luz verde à venda da TVI.

Acionistas da Prisa aprovam venda da TVI à Cofina

Os acionistas da empresa dona da TVI deram luz verde à venda estação de televisão e outros ativos à companhia que detém o Correio da Manhã e a CMTV, entre outros.
Comentários