CP lança promoção de natal. Bilhetes entre Lisboa e Porto a cinco euros

Os bilhetes podem ser adquiridos através das plataformas online, ou então pelas bilheteiras presentes nas várias estações espalhadas por Portugal. Não existe limite para a compra e uso da promoção desde que se efetue a compra com 10 dias de antecedência.

Foto cedida

A CP (Comboios de Portugal) anunciou através do seu site mais uma campanha de natal com descontos nos bilhetes dos comboios intercidades e alfa-pendular. Os descontos são válidos para viagens a realizar entre 20 de dezembro e 15 de janeiro de 2020, e têm de ser comprados com 10 dias de antecedência.

Os bilhetes podem ser adquiridos através das plataformas online, ou então pelas bilheteiras presentes nas várias estações espalhadas por Portugal. Não existe limite para a compra e uso da promoção desde que se efetue a compra com 10 dias de antecedência. Os bilhetes estarão sempre condicionados pela ocupação dos respetivos comboios.

Partindo de Lisboa e de acordo com esta promoção, o preço dos bilhetes variam entre os dois euros e meio aos cinco euros e meio, contemplando todas as capitais de distrito com estações ferroviárias e onde parem os comboios intercidades e alfa-pendular.

Recomendadas

Consórcio de espanhóis ganha empreitada para linha férrea entre Évora e Freixo

Empreitada foi consignada hoje, dia 21 de janeiro, pela IP, à Comsa e à Constructora San José. Vale 46,6 milhões de euros e respeita à construção de 20,5 quilómetros de linha ferroviária nova para ligação a Espanha.

Banco Santander lidera Índice de Igualdade de Género da Bloomberg 2020

Para a elaboração do índice foram avaliadas 6.000 empresas de 84 países, tendo-se incluído no final 322 empresas.

BCP integra Bloomberg Gender-Equality Index pela primeira vez

A par da valorização das competências genéricas e específicas, “o Millennium bcp identifica de forma justa, e exclusivamente com base no mérito, os colaboradores com potencial e talento para virem a assumir funções de responsabilidade e complexidade acrescidas”, diz o banco.
Comentários